Helena diz que Sol Nascente é a maior homenagem a Evangelista

“A juventude está sendo corroída e morta pelo crack” afirmou a deputada Helena Barros Heluy (PT), em discurso, nesta quinta-feira (27), na Assembleia Legislativa. Ao falar de sua preocupação quanto ao envolvimento de jovens com as drogas, em muitos casos, resultando em mortes, Helena levou à tribuna a iniciativa das crianças e adolescentes do Programa Sol Nascente, criado pelo ex-presidente da Assembleia, João Evangelista.

Para Helena, a maior homenagem que os parlamentares podem fazer a Evangelista, agora, é dar continuidade ao Sol Nascente, livrando das ruas e das drogas as centenas de meninos, meninas e adolescentes da Ilhinha, bairro pobre da periferia de São Luís, onde é grande a presença do uso e do tráfico de drogas, além da violência e outros tipos de criminalidade.

Motivada pelo discurso do deputado Chico Leitoa (PDT) sobre o uso de “crack” e “merla” entre os jovens, Helena voltou a insistir que o Projeto Sol Nascente é uma excelente experiência de levar a Assembleia para a periferia e as camadas populares, oferecendo possibilidades para a infância e a juventude de não chegar sequer ao uso de drogas.

“O Projeto Sol Nascente está ameaçado de desaparecer”, reclamou a parlamentar, lembrando, em seguida, a emoção no olhar emocionado das crianças e jovens da Ilhinha, durante o velório e a saída do corpo do deputado João Evangelista.

“Era emocionante ver o olhar, a fisionomia da meninada da Ilhinha, integrantes do Projeto, que viam e sentiam uma possibilidade de ter outros espaços de vida e de sobrevivência fora da droga”, repetiu.

“É este o sentimento que eu trago, fazendo, inclusive, um apelo à Mesa, a todos os deputados: vamos, concretamente, tentar salvar essa moçada da Ilhinha, salvando o Projeto Sol Nascente, talvez a homenagem maior que podemos prestar à memória e a vida do presidente João Evangelista”, reiterou a deputada.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.