Graça Paz elogia reajuste para aposentados e cobra novos hospitais

A deputada Graça Paz (PDT) ocupou a tribuna na manhã de hoje (quarta-feira, 05) para registrar o apoio aos deputados federais que ontem aprovaram o reajuste de 7,7% para os aposentados e pensionistas que recebem acima de um salário mínimo. Ela aproveitou para cobrar a construção de novos hospitais ou reformas de ampliação nos já existentes, a fim de estender o atendimento à população maranhense.

Para a parlamentar, a proposta de aumento reflete a importância dos aposentados e pensionistas no país, sendo percebida pelo aumento da expectativa de vida. Conforme lembrou, o envelhecimento do país é resultado de ações dos governos Federal, Estadual e Municipal, mas que devem dedicar mais atenção aos serviços de saúde voltados a essa faixa da população. Entre as iniciativas, destacou a necessidade de construção de novas unidades de saúde no Maranhão e lembrou a construção do hospital de referência, no município de Presidente Dutra (347 km distante da capital), construído no governo de Jackson Lago, que deixou recursos para construção de outros cinco.

A deputada acredita que a proposta deve passar pelo Senado Federal e ser sancionada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva. “Acredito que o presidente Lula jamais vetaria esse reajuste tão importante para os idosos, os aposentados e os pensionistas. Os idosos que já deram contribuição para o desenvolvimento do nosso país e, em muitas famílias, é desse salário que sobrevivem”, disse.

HOSPITAIS

Graça Paz lembrou que o hospital de Presidente Dutra foi construído para atender 36 municípios e atualmente atende 50, retratando a carência da saúde pública para os maranhenses. Ela disse estar preocupada com a notícia de que mais de 60 hospitais serão construídos.

“Reconheço que existe a necessidade de construção em alguns municípios, mas porque não reformar ou ampliar as instalações de postos e casas de saúde com esse recurso? Isso nos preocupa porque é o dinheiro público ali estagnado nessas casas de saúde onde não existe equipamento, mão de obra especializada para o atendimento das pessoas e quem sofre com isso é a população”, preocupa-se.

No caso de pacientes que devem ser deslocados de municípios do interior para a capital ou Teresina (capital do estado vizinho, Piauí), a deputada destacou com atenção mais especial e frisou a burocracia enfrentada nesse atendimento.

“Para que a pessoa seja atendida em Teresina é preciso que seja feita uma série de procedimentos. Doença não espera essas burocracias. Isso preocupa porque, às vezes, um acidente na estrada, um problema de coração, alguma coisa que precisa de urgência e de emergência não espera essas burocracias. Antigamente não existia isso. Teresina recebia os pacientes e o que vinha dos recursos dos SUS era dividido com o Maranhão e o Piauí”, relembrou Graça Paz.

VISITA

A deputada Graça Paz aproveitou para registrar a presença do vereador de Presidente Dutra, Ariston Leda, e agradeceu pelo acompanhamento do trabalho dos deputados maranhenses na manhã de hoje. Ela ainda elogiou o trabalho que vem sendo desenvolvido no município, mostrando-se preocupado com os problemas do local.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.