Governador Flávio Dino participa de Agritec de Chapadinha e garante mais cinco edições do evento em 2017

O governador Flávio Dino participou, na manhã desta sexta-feira (2), da Feira da Agricultura Familiar e de Agrotecnologica do Maranhão (Agritec) da Região do Baixo Parnaíba, no município de Chapadinha. A nona edição do evento, realizado desde 2015, encerrou o calendário de atividades deste ano. A Feira se consolida, cada vez mais, como principal espaço para troca de experiências e ampliação do conhecimento tecnológico em benefício dos agricultores familiares do Maranhão e já tem garantida mais cinco edições para o ano de 2017.

Em Chapadinha, o governador visitou os espaços tecnológicos montados na megaestrutura da Agritec e constatou técnicas como o sistema de dessalinização que será utilizado no Programa Água Doce e as cisternas do Programa Segunda Água, além do funcionamento das casas de farinha.  As vitrines atraem muitos visitantes em busca de informações de como utilizar tecnologias de baixo custo, mas de grande eficiência para a geração de renda e desenvolvimento da agricultura familiar 

Em seu discurso, Flávio Dino enfatizou que a cidade de Chapadinha foi escolhida pela importância para a Região do Baixo Parnaíba. “A Agritec é importante porque significa que nós estamos aqui reunindo produtores para ter a oportunidade de tecnologia, de nós tratarmos experiências, cursos, eventos que são importantes para a capacitação da produção familiar”, destacou.

Durante o evento, o Governo do Estado entregou 18 kits do programa ‘Mais Feiras’, 260 forragedeiras para agricultores familiares beneficiários do ‘Mais Produção’ na cadeia produtiva da ovinocaprinocultura, mais de 1300 toneladas de sementes – por meio do programa ‘Mais Sementes – além de 11 carros que serão utilizados para dar apoio aos serviços de assistência técnica e extensão rural e fortalecer a infraestrutura da Agerp/MA, beneficiando os municípios do Baixo Parnaíba.

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, a Agritec é uma política iniciada em 2015 e que leva conhecimento acerca de programas como Segunda Água e Cisternas, que durante décadas teve recursos garantidos para a implantação no estado mas, por falta de interesse de governantes do passado, nunca chegou a ser implantada de fato no Maranhão. “Nós cumprimos nossa meta de realizar 5 Agritecs em 2016. É uma política que veio para ficar porque leva conhecimento. Sempre digo com muito otimismo, fé e esperança: nós avançaremos”, sublinhou.

Novas edições

Flávio Dino falou dos investimentos milionários que estão sendo implantados para o desenvolvimento da agricultura familiar em todo o Maranhão e garantiu que em 2017 o Governo do Estado realizará mais cinco Agritecs em 2017 nas cidades de Paraibano, Barra do Corda, Santa Luzia, Itapecuru e Cururupu. “Para que esse trabalho continue, porque é um trabalho que está dando resultado”, enfatizou o governador. 

O presidente Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Maranhão (Fetaema), Chico Miguel, destacou que as Agritecs são espaços democráticos onde os agricultores familiares trocam conhecimentos em tecnologia e vedem sua produção. “Hoje o estado está se aparelhando para o futuro, para que a gente possa, em breve, tirar o Maranhão do atraso, fazendo dele um grande celeiro da agricultura familiar para possamos deixar de ser dependente de outros estados no consumo”, realçou.

Hoje a gente tem a Agritec que não existia, tem distribuição de sementes que nunca teve no nosso estado, tem tecnologia a disposição. E assim a gente vai melhorando a produção para que tenha mais comida e haja emprego, oportunidade de trabalho, que esse é o caminho principal para desenvolver o Maranhão. É a soberania popular em favor dos que mais precisam se traduzindo em políticas públicas para quem mais precisa com esse grande foco de elevação da produção”, completou o governador Flávio Dino.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.