Educadores rejeitam contraproposta de Estatuto apresentada pelo governo

Os trabalhadores em educação decidiram por unanimidade recusar a contraproposta para o Estatuto do Educador apresentada pelo governo do Estado há duas semanas em substituição à construída e debatida exaustivamente pela categoria.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (24 de março), pela manhã, no auditório do Convento das Mercês, em assembleia geral regional de São Luís realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado (SINPROESEMMA).

Ainda na assembléia, a categoria decidiu aprovar a proposta de Estatuto elaborada nos fóruns do SINPROESEMMA e o estado de greve, ao tempo que fará no próximo dia 6 de abril (terça-feira), paralisação de advertência em função da resistência de setores do governo em não reunir com a categoria, para debater sobre as problemáticas que envolvem a aprovação e implantação do novo Estatuto que substituirá o que se encontra em vigência.

Durante o encontro, houve a participação de alguns educadores, que de forma democrática deram sua contribuição quanto aos encaminhamentos que abordam as questões práticas e de difícil resolução.

MOBILIZAÇÃO

Na avaliação do presidente do SINPROESEMMA, Júlio Pinheiro, o encontro com a categoria foi positivo. Ele aponta como salutar os eventos que contribuirão para a mobilização dos trabalhadores que finalmente, exijam a retomada das negociações quanto à aprovação do Estatuto o mais breve possível.

“A decisão foi unânime entre os trabalhadores. Isso prova a unidade da categoria e da necessidade de estabelecer estado de greve e paralisação que tem como objetivo  recuperar de debate sobre a  proposta” destacou ele.

Júlio diz que é fundamental a intensificação do diálogo entre Sindicato e  trabalhadores em função do reinício do ano letivo permitindo com que a categoria possa fazer uma intervenção qualificada. “Nós já cumprimos a primeira etapa do processo de discussão da proposta com a categoria, iniciamos a negociação, mas infelizmente o governo quer zerar o debate, o que realmente foi rejeitado por todos os presentes”, ressaltou.

O dirigente sindical garante que os novos encontros entre o Sindicato e governo devem ser pautados para discutir e aprofundar a proposta edificada pelos educadores.

ESTATUTO

O Estatuto do Educador vem sendo discutido pela pelos trabalhadores em educação  de forma acirrada desde o ano passado. O prazo para a sua aprovação expirou em 31 de dezembro. De lá para cá, a categoria tem tentado agilizar sua aprovação na Assembléia Legislativa, sem sucesso, uma vez que o governo não se dispôs a entrar em consenso com o SINPROESEMMA, nos quesitos mais controversos como: promoção, progressão e incorporação do funcionário de escola.

Há menos de um mês, porém, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) apresentou contraproposta do Estatuto, desmontando todo o processo que vem sendo construído ao longo de meses.

Interrompido abastecimento

d´água em 56 bairros da Ilha

O abastecimento em 56 bairros de São Luís foi interrompido na tarde de quinta-feira (25) pela Caema. Em nota divulgada no fim da tarde de ontem a empresa informou que o Sistema Produtor do Italuís teve de ser desligado devido à queda de um  raio, que atingiu  uma subestação elétrica.

Ainda de acordo com a nota, equipes da Caema e da Cemar “estão trabalhando no local, para resolver o problema o mais rápido possível”.

Leia abaixo a nota oficial da Caema:

NOTA  DA  CAEMA

A Caema comunica que o Sistema Produtor do Italuís foi desligado hoje, 25, por volta das 15 horas, em razão de um raio ter atingido as suas subestações elétricas. Em decorrência, o fornecimento de água será interrompido nos seguintes bairros: parte do Monte Castelo, Apeadouro, Irmãos Coragem, Bairro de Fátima, Bom Milagre, Parque Amazonas, Alemanha, Caratatiua, Vila Ivar Saldanha, Alto da Vitória, João Paulo, Jordoa, Vila Palmeira, Barreto, Túnel do Sacavém, Santa Cruz, Vera Cruz, Cutim, Radional, Coroado, Coroadinho, Vila Conceição, Bom Jesus, Vila dos Frades, Parque Timbira, Alto do Parque Timbira, Parque Pindorama, Parque dos Nobres, Conjunto São Sebastião, Primavera, Sítio do Pica-Pau Amarelo, Redenção, Barés, Filipinho, Sítio Leal, Sacavém, Coheb do Sacavém, Salina do Sacavém, Santo Antônio, Anjo da Guarda, Fumacê, Vila Mauro Fecury I e II, Vila São Luís, Vila Nova, Bomfim, Vila Ariri, Vila Sete de Setembro, São Raimundo, Vila Alto da Esperança, Gancharia, Vila Itaqui, Porto do Itaqui, Alto da Esperança, Ana Jansen e Ilha da Paz.

Comunica ainda, que os engenheiros da companhia, com o apoio da Cemar, estão trabalhando no local, para resolver o problema o mais rápido possível.

Agradecemos a compreensão de todos.

A DIRETORIA

Polícia procura matador de

jovem no Anjo da Guarda

A polícia ainda não conseguiu prender Mateus dos Anjos Mendes, o Cabeção, 25 anos, que no dia 8 de dezembro do ano passado, matou o jovem Ítalo Luís Martins Nascimento, de 17 anos.

O crime, que está sendo investigado pelo delegado Paulo Hertel do 5º Distrito Policial, aconteceu na casa da vítima, localizada na Segunda Travessa da Rua Bom Jesus no bairro do Anjo da Guarda, em São Luís.

Ítalo estava assistindo televisão com o volume alto, quando Mateus, conhecido como “Cabeça”, chegou com uma arma de fogo com o intuito de matá-lo. A mãe da vítima, ao ver o autor, tentou impedi-lo ainda do lado de fora da casa e, após uma breve troca de empurrões, o autor se desvencilhou dela e se encaminhou para o interior da residência, pegando a vítima de surpresa. Assim, o autor desferiu seis tiros contra a vítima, sendo que um dos disparos atingiu a cabeça do adolescente, que morreu no local.

O motivo do crime seria o fato da vítima ter perdido uma bicicleta do autor e o não pagamento da mesma iniciou a rixa entre ambos, culminando na morte da vítima meses depois.

O Disque-Denúncia incluiu Mateus dos Anjos Mendes no Programa Procurados e, qualquer informação sobre o paradeiro dele, pode ser informado nos telefones 3223-5800 (Capital) e 0300-3135-800 (interior). A identidade do denunciante será mantida em absoluto sigilo.

Acidente e morte na MA-014

em São Vicente de Ferrer

Um grave acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira (25) na MA-014, nas proximidades da cidade de São Vicente Férrer. Segundo informações, um ônibus, que transportava trabalhadores de São Paulo para o município de São Bento, colidiu com um automóvel Gol.

De acordo com populares, o acidente teria sido ocasionado porque o veículo Gol teria rodado na pista. O ônibus ainda tentou desviar do carro, mas não conseguiu e acabou colidindo com o veículo.

O motorista do automóvel morreu no local. Não há informações de quantas pessoas estariam no ônibus e de quantos feridos.

18h46

Confirmados 11 casos de gripe A no Maranhão

Três casos de gripe A (H1N1) foram confirmados nesta quinta-feira (25) pela Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Desses três, um dos casos é de uma morte de uma mulher de 74 anos, que estava internada no Socorrão I. No total, são 11 casos confirmados, sendo três em gestantes (óbitos) e oito de não gestantes.

No boletim divulgado no início desta noite, a SES informou que foram notificados 69 casos da doença no Maranhão, em 18 municípios. Desses, 11 estão confirmados (quatro são óbitos), como dito anteriormente, cinco foram descartados (duas mortes de gestantes) e 53 ainda estão aguardando o resultado do exame que vem do Instituto Evandro Chagas, no Pará.

Por município

Entre os 11 casos confirmados da gripe A, cinco são da Capital, São Luís. Com dois casos notificados estão os municípios de Presidente Dutra e Governador Luís Rocha. Com um caso notificado, os municípios Paço do Lumiar e Bacabal.

Justiça  cassa mandato

do   prefeito de Caxias

A Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito de Caxias, Humberto Coutinho, e do vice, Júnior Martins.

Eles estão sendo julgados por veiculação de propaganda institucional e por distribuição de material de construção durante campanha eleitoral.

Funcionários da Limp Fort não

recebem salários atrasados

Sem receber o pagamento prometido para o dia 25, ontem, funcionários da Limp Fort protestaram. Eles foram dispensados, depois que a Prefeitura rompeu o contrato com a empresa para coleta do lixo em São Luís.

Agentes e motoristas tinham dia marcado para receberem os salários atrasados e devolverem fardas e botas, mas ninguém foi pago.

A Procuradoria do Município não se manifestou sobre a dívida alegada pela empresa. Na manhã de quinta-feira (25), a prefeitura assinou contrato com a nova prestadora de serviço na área de limpeza pública. A empresa Vital Engenharia foi contratada em caráter emergencial, por um prazo de 180 dias

Sindicato chama de ‘imoral’

proposta da prefeitura

Na próxima segunda-feira (29)  será realizada uma assembleia geral com as categorias dos guardas municipais e agentes de trânsito da Capital para discutir a proposta feita pela Prefeitura de São Luís para tentar cumprir exigências das duas categorias. No entanto, o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais, Weber Henrique, classificou como imoral a proposta da prefeitura.

De acordo com Weber Henrique, em dezembro do ano passado, a prefeitura se comprometeu a atender algumas exigências das duas categorias, mas, até o momento, nada do que foi acertado foi cumprido como é o caso do risco de vida para os trabalhadores. Atualmente, os guardas municipais e agentes de trânsito têm direito a 40% do risco de vida. No entanto, as duas categorias exigem 100% deste benefício.

– Uma oferta totalmente equivocada e imoral. E isso aí vai deixar todos os órgãos municipais e agentes de trânsito e guardas municipais com muita raiva. A gente não pode esconder o que está acontecendo. Em dezembro, o procurador do município de São Luís, Francisco Coelho, disse que o município iria ofertar aos aguardas e agentes um banquete e que estávamos pedindo [em dezembro] só um lanche. Mas esse banquete que veio foi de osso. Tiraram a carne, o arroz, o feijão e colocaram osso em nosso prato. Isso é uma vergonha – afirmou.

Outra reclamação do presidente do Sindicato dos Guardas Municipais está relacionada aos salários pagos à categoria. Segundo Weber Henrique, os guardas aprovados no concurso do nível médio (R$ 575) estão recebendo salários de profissionais de nível fundamental (R$ 510).

Após a assembleia geral de segunda-feira, as categorias dos guardas municipais e dos agentes de trânsito irão se reunir no dia 31 (quarta-feira) com representantes da Prefeitura de São Luís. Mas Weber Henrique adiantou que os agentes de trânsito e os guardas municipais irão à sede da SMTT no na quarta-feira para acompanhar a reunião do lado de fora da Secretaria.

Policiais federais ameaçam

entrar em greve em abril

BRASÍLIA – Policiais federais de todo o país ameaçam paralisar suas atividades no próximo dia 14. O indicativo de greve foi aprovado  por representantes nacionais da categoria reunidos em Brasília (DF) desde o dia 24.

A decisão deverá ser confirmada nos próximos dias, em assembleias estaduais realizadas pelos sindicatos locais. Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais, se os policiais decidirem cruzar os braços, a paralisação deverá atingir todas as unidades do órgão, incluindo postos de fiscalização nas fronteiras, portos e aeroportos, comprometendo as investigações e operações em curso.

A principal reivindicação da categoria é a reestruturação salarial dos servidores, insatisfeitos com o tratamento dispensado pelo governo federal aos agentes federais e aos servidores administrativos da instituição. A proposta da categoria, contudo, só será entregue ao governo federal após os policiais discutirem, nas assembleias estaduais, o estudo em que a federação compara a evolução salarial de diversas categorias do funcionalismo público federal.

Ainda de acordo com a federação, uma proposta de recomposição salarial chegou a ser apresentada pelo Ministério da Justiça em março de 2009, mas, desde então, se encontra “engavetada” no Ministério do Planejamento.

Procuradas, as assessorias da Polícia Federal e do Ministério da Justiça informaram que os órgãos não comentariam o assunto.

Idoso é atropelado e

é interdita a BR-135

Moradores do município de São Mateus interditaram na quinta-feira (25), a BR-135. A interdição foi em protesto pelo atropelamento de um idoso.

O acidente aconteceu no quilômetro 183 próximo ao povoado Morros que fica a dois quilômetros do município. O motorista responsável pelo acidente fugiu sem ser identificado. A rodovia já foi liberada.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.