Domingos Paz denuncia grilagem de terras em Barreirinhas

O deputado Domingos Paz (PSB) denunciou, nesta quinta-feira (20), no plenário da Assembleia Legislativa, o despejo de comunidades rurais em Barreirinhas e Urbanos Santos. Ele ressalta que o despejo autorizado por liminar da Justiça foi realizado com violência que resultou na queimada e na derrubadas das casas.

O deputado disse ter recebido a informação do caso quando visitou Barreirinhas e conversou com representantes das comunidades rurais deAnajá, Armazém, Baixa D’Água, Barra do Sítio, Barra do Sítio I, Barra do Sítio III, Cancela, Cigano, Jaboti, Jaboti II, Jurubeba I, Jurubeba II, Mangueira, Paulo Serrado, Rio Grande dos Lopes, Santa Rosa e Tabocas.

Ele explicou que estas comunidades situam-se na fronteira entre os municípios de Barreirinhas e Urbano Santos onde instalou-se uma pessoa interessada em plantar soja na região. “O Senhor André Xavier, um gaúcho dono de uma propriedade de mil e tantos hectares no município de Urbano Santos. Em determinado momento, ele alega que a propriedade dele estava sendo invadida por agricultores e entra com a reintegração de posse que é concedida”, relatou o deputado.

Além desse caso, o parlamentar denunciou outro processo de grilagem. Ele disse tratar-se de uma área comprada por outro gaúcho, dentro de um assentamento do Instituto de Colonização e Terra Maranhão (Iterma) de mais de dois mil hectares de terras. “E o pior que eu escutei, não quero aqui nominar, pois eu zelo muito pela imagem das pessoas, mas que há um comprometimento de pessoas ligadas aos órgãos de terras do Maranhão, principalmente do Iterma”, relatou.

Domingos Paz informou ainda que na próxima semana está marcada uma audiência com a presidência do Instituto, onde serão repassadas as denúncias. “Quero que seja encaminhado pela Mesa Diretora uma comunicação desta denúncia à presidência do Iterma, para que sejam tomadas as devidas providências no sentido de proteger aquelas comunidades contra a grilagem. Não interessa se a Associação, se membros da Associação estão coniventes, o que interessa é que aquela terra é pública, é um assentamento”, reclamou.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Abdullah diz

    QUESTIONAMENTOS PARA A QUADRILHA DEMOTUNGANA17.Arnaldo — 13 de julho de 2010 @ 11:20 Veja a sugeste3o abaxio.Perguntas para o Ze9 Lime3o:- Com a contuse3o de Arruda e a fuga de Ae9cio, a chapa ficou desfalcada de vice?- Vocea pretende em seu governo continuar sendo o maior cliente das revistas Abril?- Por que vocea se apropriou de programas e realizae7f5es de outros governos? c9 por falta de ter algo para chamar de seu?- O buraco do metrf4 bem como o alagamento generalizado em Se3o Paulo foram fortuitos? Apenas incidentes de percurso?- Vocea acredita na frase: “Quem ne3o faz, ne3o erra. E quem ne3o erra e9 promovido”?- Vocea fare1 no o Brasil o mesmo que ne3o fez em Se3o Paulo?- Os pede1gios se3o um bom negf3cio?- Na falta do apoio de Arruda, vocea teve que abrae7ar Roriz?- O seu diploma de economia foi emitido pela imprensa?- Caso ganhe, vendere1 a Petrobras, o BB, a Caixa e outros por pree7o de banana?- As privatarias se3o um bom negf3cio? Geram caixa para a campanha?- Atrave9s das aliane7as, principalmente com o DEM(ex-PFL, ex-PDS), os new corone9is, a elite separatista e a velha politicagem estare3o bem representadas em seu desgoverno?- Em relae7e3o e0 CLT, pretende rasge1-la?- Vocea continuare1 apoiando a ditadura da imprensa? Inclusive mandando despedir quem fizer oposie7e3o a seu governo?- Os trabalhadores e professores continuaram a ter o mesmo tratamento? O do cassetete…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.