Detran-MA recebe visita de representante da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) recebeu, nesta quinta-feira (24), o vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), Juarez Molinari. A visita foi acompanhada pelo controlador Geral do Detran-MA, João Moraes, e o presidente da Abramet/MA, Phil Camarão. Eles discutiram sobre a importância do exame médico no processo para tirar e renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

João Moraes explica que o processo de habilitação tem o exame médico como ponto de partida. “O candidato à habilitação ou renovação da CNH só pode começar o curso teórico e prático depois do exame médico”. Ele informou que o exame é repetido toda vez em que o motorista for renovar a sua carteira de habilitação (a cada cinco anos para menores de 65 e a cada três anos a partir desta idade). “Durante a consulta, o médico faz uma avaliação geral do paciente e realiza exames de audição, visão, avalia a pulsação, respiração, além de  verificar se não há alguma deformidade ou doença que possa colocar em risco a segurança do motorista”, explica o controlador.

O vice-presidente da Abramet, Juarez Molinari, falou da necessidade de especialização para os médicos que trabalham credenciados aos Detrans. “O médico que atua nessa área tem que ser especialista. Não basta examinar apenas a visão, o corpo todo deve ser observado. Diabetes ou epilepsia são doenças, por exemplo, que merecem uma atenção especial”.

Ele destacou dados da violência no trânsito, como o índice de mortes por acidente. “Por ano, 50 mil brasileiros morrem no trânsito. Pagamos R$ 60 bilhões por ano para pagar as consequências dos acidentes de trânsito. A situação é grave, e sabemos que um exame bem feito pode reduzir esses índices”.

Phil Camarão, que também é membro titular do Conselho Nacional de Trânsito, ressalta a importância da presença do vice-presidente nacional da entidade. “A parceria com a Abramet Nacional vai ajudar na melhoria do exame médico do processo de habilitação. A ideia é fornecer um curso de reciclagem a todos os médicos credenciados no Detran-MA. Uma capacitação para melhorar o nível do exame. E o resultado desse trabalho será motoristas mais seguros no trânsito”, afirmou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.