Correios lança campanha Papai Noel dos Correios no MA

Você também pode ser Noel. Este é o tema da tradicional ação social de Natal dos Correios realizada há 27 anos. A campanha Papai Noel dos Correios será lançada no Maranhão nesta quarta-feira (23), às 10h, com a presença do Bom Velhinho, na sede regional da empresa, na Praça João Lisboa, em São Luís.

O principal objetivo da campanha é responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A novidade para este ano é que todas as cartinhas disponibilizadas para adoção foram escritas por crianças estudantes da rede pública de ensino, escolas comunitárias e associações sem fins lucrativos. A intenção é atrelar a campanha à educação.

“Acreditamos que a escrita da carta ao Papai Noel resgata valores positivos de fraternidade, de caridade, amor ao próximo e o caráter educativo fica por conta da prática da escrita da carta, do endereçamento correto, utilização do CEP, entre outras práticas pedagógicas adotadas em sala de aula”, explica o diretor regional dos Correios, Roosevelt Pereira de Carvalho. A parceria com instituições de ensino é uma experiência de sucesso que começou em 2010.

Pontos de adoção – As cartinhas serão disponibilizadas na Casa do Papai Noel (Praça João Lisboa) e agência dos Correios do Jaracati Shopping, em São Luís. No interior, as agências de Imperatriz (Av. Dorgival Pinheiro de Sousa) e Caxias (Rua Desembargador Morato) também possuem cartas à disposição dos padrinhos-noéis. As pessoas interessadas em adotar uma cartinha e realizar o sonho de Natal de uma criança carente poderão fazer isso até o dia 09/12. Todos os presentes e cartas-resposta serão entregues pelos Correios até o Natal.

Operacionalização – As cartas foram recebidas pela equipe de empregados dos Correios, selecionadas de modo que atendessem aos critérios da campanha: crianças de até 10 anos ou até o 5º ano do Ensino Fundamental ou, ainda, especiais de qualquer idade, em situação de vulnerabilidade social. Após a seleção, as cartas foram cadastradas em sistema próprio onde ganharam uma numeração que preserva a segurança dos dados da criança.

Finalmente, as cartas são postas para adoção dos padrinhos, aqueles que procuram os pontos de adoção de cartas e decidem realizar o sonho de uma ou mais crianças. Também há o fundamental apoio dos padrinhos corporativos, pessoas jurídicas cujos colaboradores se reúnem e adotam uma grande quantidade de cartinhas. Em ambos os casos, os presentes são entregues pelo próprio Papai Noel dos Correios na escola.

Últimos resultados – Em 2015, somente no Maranhão, foram selecionadas 4.884 cartinhas e 4.175 foram presenteadas. Em todo o Brasil, mais de 440 mil crianças receberam um presente do Bom Velhinho.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.