Coleta de lixo está irregular a quase uma semana

A população de São Luís teme doenças por causa do acúmulo de lixo na cidade. A coleta continua irregular em vários bairros há quase uma semana.

A Secretaria Municipal de Comunicação informou que a Prefeitura decidiu, após uma reunião hoje à tarde, cancelar o contrato com uma das empresas que prestam serviço de coleta de lixo em São Luís. A Secretaria Municipal de Serviços Públicos informou que aumentou o número de equipamentos na coleta de lixo, para solucionar o mais breve possível o problema nos bairros afetados.

Já faz quase uma semana que a cidade está com a coleta de lixo irregular. O resultado: sacolas na beira das avenidas, na porta das casas, nas calçadas. É assim em vários bairros.

Sem o serviço de limpeza pública os moradores tentam se livrar da sujeira de qualquer jeito. Aqui no Jardim São Cristóvão, o terreno no meio do bairro que deveria ser uma praça, virou um grande lixão.

Além do desconforto com o mau cheiro, o maior medo é de pegar uma doença. Preocupação que aumenta com a proximidade do período chuvoso.

Três casos de Gripe A

confirmados no MA

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças e da Coordenação Estadual de Vigilância da Influenza, confirmou, em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (15), três casos positivos da Gripe Influenza A em São Luís. Além deles, há nove casos suspeitos, com material em análise, sendo quatro em São Luís e cinco no interior do Estado (regional de Presidente Dutra e Imperatriz).

Um dos casos confirmados é o da gestante internada com suspeita e falecida, no último sábado (13), no Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), em São Luís. Os outros casos positivos são o de outra gestante de seis meses, com 36 anos de idade, internada no Hospital Português, e o de uma mulher de 45 anos que está no Hospital Presidente Dutra, ambas em São Luís.

Acompanhado da coordenadora do Programa de Imunização, Nildes Mendes e da coordenadora da Vigilância da Influenza, Jakeline Rios Trinta, o superintendente estadual de Epidemiologia e Controle de Doenças, Henrique Jorge dos Santos, esclareceu, durante a entrevista coletiva, que todos os pacientes estão recebendo tratamento adequado. As pessoas que mantiveram contato com as pacientes, segundo ele, estão tendo acompanhamento sistemático.

Na ocasião, o superintendente informou o resultado dos três casos positivos de exames realizados no Instituto Evandro Chagas de Belém do Pará. Há ainda, nove casos suspeitos, sendo investigados.

Segundo Henrique Jorge dos Santos, os casos suspeitos que apresentem tosse, espirro e secreções respiratórias estão sendo tratados. Está sendo feito, também, coleta de amostras para detectar ou não a presença da gripe.

A população, de acordo com recomendação do superintendente, deve tomar alguns cuidados com a higiene, como lavar com freqüência as mãos com água e sabão, evitar tocar os olhos, boca e nariz após contatos com superfícies, não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

A unidade de triagem do Pam Diamante está em reforma, mas continua atendendo, acompanhando e orientando médicos e a população sobre os cuidados com a nova gripe.

Até sexta-feira (19), ocorre a primeira etapa de vacinação contra a gripe. Nesta etapa serão imunizados os trabalhadores da saúde e a população indígena. A partir do dia 22 de março tem início a segunda etapa em que serão imunizadas as gestantes, portadores de doenças crônicas com menos de 60 anos, crianças com idade entre seis meses e menos de dois anos de idade. Nesta esta etapa serão imunizadas, no Maranhão, cerca de um milhão de pessoas

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.