Casamento Comunitário reúne 153 casais em Anajatuba

A comarca de Anajatuba sediou, na quinta-feira (1º), uma grande cerimônia de Casamento Comunitário, com a presença de 153 casais da comunidade, no “Clube do Bio (Rua Regino Rodrigues de Paula, s/nº. Centro.).

A solenidade foi presidida pela juíza Jaqueline Rodrigues da Cunha, titular da comarca, com a participação dos juízes de paz Cildilene Cristina Silva e Guilherme Morais Gazzinelli.

Os casamentos começaram pelos casais especiais: o mais velho – Paulino Licar (71 anos) e Maria Princesa Pãozinho (82 anos) e mais jovem – Diego Costa Nunes (20 anos) e Fabrícia Silva Oliveira (16 anos), que representaram os demais casais da solenidade.

Para a juíza Jaqueline Rodrigues, o projeto casamentos comunitários é “de relevante valor social, visto que possibilita a união de casais que necessitam do reconhecimento oficial do Estado para obtenção de garantias e direitos”.

Compareceram ao evento o prefeito municipal Sidney Costa Pereira e os pastores da Igreja Assembleia de Deus, Itamar Barbosa e Werlley José da Costa, que conduziram a benção coletiva dos casais.

Durante a cerimônia os noivos foram presenteados com brindes sorteados após a solenidade.

PROJETO – O projeto “Casamentos Comunitários” da CGJ-MA, criado há 18 anos, já se firmou com uma das iniciativas de maior sucesso do Judiciário maranhense. Criado em 1999, na gestão do desembargador Jorge Rachid, o projeto tem como principal objetivo beneficiar os casais de baixa renda que têm dificuldade em arcar com as custas de um casamento tradicional. Pelo “Casamentos Comunitários”, todos os atos são gratuitos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.