Carlos Amorim reclama do abandono do Ciretran em Imperatriz

O deputado Carlos Amorim (PSDB) alertou, na manhã desta quarta-feira (26), no Plenário da Assembleia Legislativa, para situação das instalações da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Imperatriz. Ele lembra que o caso incomoda não apenas a população da cidade, mas também a 17 municípios da região tocantina que precisam dos serviços deste órgão.

“A Ciretran está atualmente funcionando em um prédio alugado, em condições precárias com poucos funcionários, não atendendo a contento ao clamor das auto-escolas, dos despachantes e dos usuários”, relatou o deputado.

Amorim disse que pelo fato da Ciretran de Imperatriz abranger mais 17 municípios há uma sobrecarga de tarefas. Ele lamenta que as obras de reforma e ampliação do prédio anterior, iniciadas pelo governo do Estado, foram inexplicavelmente interrompidas. “É necessário, urge que o governo do Estado possa urgentemente determinar a continuação dessas obras e informar a esta Casa, informar à população de Imperatriz, informar aos seus representantes as razões que levaram o governo do Estado a interromper”, ressaltou.

O deputado enfatiza que diante desta situação, os proprietários de veículos, os despachantes, e todo os que precisam dos serviços do Ciretran são obrigados a aguardar a conclusão das obras de reforma. Ele acrescentou que esta situação tem gerado perda de receitas para o Maranhão, pois os condutores de veículos estão recorrendo ao estado do Tocantins para emplacar os automóveis.

“É importante que o governo do estado possa, urgentemente, determinar ao Detran o prosseguimento dessas obras que têm grande significado para a cidade de Imperatriz e para todas outras cidades que fazem uso desse serviço”, finalizou o parlamentar.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.