Biblioteca Benedito Leite passa por vistória técnica

O secretário de Estado da Cultura, Luís Henrique Bulcão, participou, nesta sexta-feira (9), ao lado dos deputados estaduais Alberto Franco (PMDB) e Gardênia Gonçalves (PSDB), de uma visita técnica à Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL). A visita, que também foi acompanhada pela diretora da Biblioteca Pública, Rosa Maria Ferreira Lima, foi programada pelo Legislativo, com o intuito de verificar as reais condições da estrutura física e do acervo histórico do local.

Fechada desde setembro do ano passado, a Biblioteca está em vias de passar pela reforma necessária e retomar as atividades normais. “Já conversei com o secretário de Infraestrutura, Fernando Leal, e ele garantiu que fará o possível para que as obras iniciem até o mês de maio”, destacou Luís Bulcão.

O secretário também ressaltou que, mesmo com a interdição da Biblioteca, os pesquisadores já podem ter acesso aos registros raros do jornalismo maranhense. “Todos os arquivos microfilmados pela BPBL, referentes aos primeiros jornais do Maranhão, estão disponíveis para consulta no Arquivo Público do Estado do Maranhão (APEM). Ao todo, são 132 títulos”, informou.  

Na ocasião, o deputado estadual e presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto, Alberto Franco, registrou que irá propor uma parceria público-privada visando agilizar o início da reforma. “A Biblioteca Benedito Leite, com 180 anos, tem um valor cultural indescritível. Vou sugerir à governadora Roseana Sarney a parceria com grandes empresas que estão no Estado. Isso, certamente, será um benefício para que este espaço volte a funcionar o mais rápido possível”, propôs o parlamentar.

Luís Bulcão enfatizou que, em 2009, o orçamento estimado para a reforma seria de R$ 5 milhões. “A Benedito Leite precisa de muitos reparos, resultado da falta de manutenção”.

Atividades permanentes

Atividades da Biblioteca Pública, sobretudo as administrativas, estão sendo executadas em uma sala do Centro de Cultura Domingos Vieira Filho. “Muitos projetos, inclusive os de interiorização, estão sendo realizados normalmente”, destacou a diretora da BPBL, Rosa Maria Ferreira Lima, referindo-se aos processos de treinamento, supervisão e implantação de novas bibliotecas. O Escritório de Direitos Autorais é outro serviço que está funcionando normalmente.

A diretora destaca que essas ações refletem que houve, desde o início do processo de reforma da Benedito Leite, a preocupação em manter os serviços que poderiam ser realizados fora da Biblioteca. “Por isso, estamos sempre realizando atividades referentes ao Programa de Incentivo à Leitura, como o Livro na Praça e o Leitor Cidadão”, exemplificou Rosa Maria Ferreira.

Projetos

A diretora revela, ainda, que há projetos para serem realizados nos próximos meses. De 18 a 23 de abril, a BPBL promoverá a Semana do Livro, na Praça Nauro Machado e nas comunidades do Desterro, Vicente Fialho, Icarau e Maracujá. “O encerramento deverá acontecer no Teatro Arthur Azevedo”, declarou Rosa Maria Ferreira Lima.

Para maio, a diretora adiantou que a Benedito Leite organiza um curso, de 40 horas, voltado para gestores de bibliotecas públicas. “Trata-se de uma parceria com a Fundação Biblioteca Nacional, com apoio da Petrobras”, concluiu Rosa Maria Ferreira Lima.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.