AL presta homenagem a reitor Natalino Salgado

A Assembléia Legislativa prestou homenagem, nesta quarta-feira (26), ao reitor Natalino Salgado, em reconhecimento às ações desenvolvidas em sua gestão à frente da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Em sessão especial proposta pela deputada Gardênia Castelo (PSDB), foram destacados os avanços obtidos pela instituição de ensino e sua contribuição para o desenvolvimento social e econômico do estado. Assistida pelo deputado federal Roberto Rocha (PSDB), pelo ex-ministro Edson Vidigal, e pelos prefeitos de São Luís, João Castelo, e de Porto Franco, Deoclides Macedo (que representou a Federação dos Municípios do Maranhão – Famem), Gardênia Castelo saudou o homenageado fazendo um pequeno histórico dos avanços obtidos pela UFMA nos últimos anos. “Há cerca de oito anos e meio, deu-se início a um processo de transformação geral no âmbito da Universidade Federal do Maranhão, processo esse que denominei, em recente artigo publicado no Jornal O Imparcial, de “Revolução Silenciosa”, pois não poderia usar outra expressão para caracterizar o conjunto de realizações, entre obras, projetos, programas e avanços nas áreas acadêmica, tecnológica, administrativa, institucional em curso na nossa universidade federal”, declarou ela. A deputada apontou Natalino Salgado como o líder desse processo de mudanças estruturantes da Ufma. Segundo ela, o reitor é um exemplo que orgulha a todos os maranhenses, pois sua trajetória pessoal e profissional é uma referência para milhares de jovens que vislumbram vencer na vida, ainda que não tenham condições materiais e financeiras. “Ele soube, de forma extraordinária, vencer as dificuldades na infância pobre e consagrar-se uma das maiores autoridades acadêmicas do nosso estado e um profissional de saúde reconhecido além dos limites do Maranhão”, acrescentou ela. Depois de saudado, Natalino Salgado fez uma breve palestra sobre as mudanças implantadas por sua gestão e os projetos que ainda serão executados. Ele informou que a UFMA registrou um crescimento de 66% na população acadêmica e tem atualmente 23.650 alunos e 1.163 professores nos campi de São Luís, Imperatriz, Codó, Pinheiro e Bacabal, onde são mantidos 56 cursos de graduação. A democratização do acesso ao ensino superior, segundo o reitor, é uma das prioridades da atual gestão. “Tivemos 137 mil alunos inscritos no Enem e 97% das vagas oferecidas pela UFMA foram preenchidas por estudantes maranhenses”, comemorou ele. Natalino Salgado também apresentou metas a serem alcançadas até 2012, como a implantação de mais três doutorados e a execução de obras físicas como a construção do centro pedagógico Paulo Freire e de novos prédios, que visam elevar a qualidade da infra-estrutura acadêmica. “A UFMA tem sido um exemplo de que as ferramentas de gestão, com vontade, determinação e flexibilidade, podem transformar os resultados”, concluiu ele. O êxito da gestão de Natalino Salgado também foi reconhecida pela autoridades presentes à sessão especial. Dizendo ter sido o parlamentar que mais destinou recursos federais para a UFMA, o deputado Roberto Rocha disse que reconhecer a importância da universidade para o desenvolvimento social e econômico do Maranhão. “É através do conhecimento promovido pela nossa universidade que os jovens maranhenses podem contribuir de forma significativa para o crescimento do nosso estado”, conclui ele.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.