A mente macabra de uma sinistra mãe de São Domingos do Maranhão

Por Mauro Garcia 

 

blogger-image-280401608É muito pouco a sentença para uma mulher que se diz mãe, vai pagar pelo ato de brutalidade e selvageria contra a própria filha. Deilandia dos Santos Assunção, pode ser chamada de psicopata, ou uma doente mental, independente de como queiram classifica-la.

Sobre tudo foi mais um fato que abalou a sociedade maranhense, que parecia já ter visto de tudo nesses últimos tempos.

Se lembrarmos dos violentos acontecimentos anteriores, muitos aspectos foram poucos para esta tamanha crueldade, onde nos perguntamos, o que leva uma mãe a praticar um ato frio e tão perverso contra sua própria filha ??.

Um crime brutal que revoltou a pequena comunidade do povoado, Baixão Grande, no município de São Domingos do Maranhão, causando bastante repercussão em todo Brasil, ao ponto da população local partir para o linchamento da sinistra autora de um bárbaro crime.

Resta saber o que pensam outras mães sobre este caso, tão tenebroso, que deram origem a mais pura e sanguinária imaginação diabólica. O caso da “A Monstra de São Domingos” que torturou a filha até a morte.

Pensem como foi o sofrimento desta criança, que em um ritual de fúria da sua própria mãe, teve uma das pernas quebradas, as suas partes intimas sendo introduzida pedaço de cano, além de espancamentos, cortes profundos pelo corpo.

 

Assim foi o trágico e macabro  fim da pequena Layane Assunção Falcão, de apenas três aninhos, que nada fez para merecer estre triste destino, onde a vida foi tirada pela própria mãe.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.