Vítimas de acidente com ônibus começam a ser enterradas no PR

O Corpo de Bombeiros trouxe os primeiros corpos a serem enterrados no cemitério do Centro de União da Vitória (Foto: Giovan Valiati/RPC)

Começam a ser enterrados na manhã desta segunda-feira (16) em União da Vitória, na região sul do Paraná, os corpos das vítimas do acidente de ônibus na Serra Dona Francisca, no norte de Santa Catarina. Os corpos chegaram à cidade por volta das 22h de domingo (15) e, desde então, estavam sendo velados. Até a publicação da reportagem, 51 mortes tinham sido confirmadas pelo Governo de Santa Catarina, com sete pessoas feridas.

Diante da comoção, a prefeitura decidiu suspender as aulas nas escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) de União da Vitória. Os demais serviços e departamentos públicos do município funcionam normalmente, mesmo com o decreto de luto oficial.

Corpos estavam sendo velados desde a noite de domingo (16), quando os corpos chegaram a União da Vitória (Foto: Valdinei Oliveira/RPC)Corpos estavam sendo velados desde a noite de domingo (16), quando os corpos chegaram a União da Vitória (Foto: Valdinei Oliveira/RPC)

O acidente
O ônibus em que as vítimas viajavam caiu em uma ribanceira no quilômetro 89 da SC-418, emJoinville, no fim da tarde de sábado (14). O grupo saiu de União da Vitória na sexta-feira (13) e atravessava Santa Catarina para ir até um evento religioso em Guaratuba, no litoral do Paraná.

A suspeita é que o motorista tenha perdido o controle do veículo em uma curva.

Velórios
A crediarista Juliana Marcondes perdeu sete familiares. Ela veio de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, para acompanhar o velório e o enterro da família – a maioria primos. “Perder tanta gente de uma só vez é uma tragédia. É muita dor”, desabafa.

Os familiares de Juliana foram velados no Ginásio de Esportes Benedito Albino, no distrito São Cristóvão, onde ocorreu também o velório coletivo.

Houve famílias que preferiram velar os parentes em casa, em igrejas dos bairros e até em outras cidades, como Mallet e Castro, na região dos Campos Gerais. Em Porto União, cidade de Santa Catarina que faz divisa com União da Vitória, foram veladas 14 pessoas.

Velório coletivo foi realizado no Ginásio de Esportes Benedito Albino (Foto: Fábio Gomes/RPC)Velório coletivo foi realizado no Ginásio de Esportes Benedito Albino (Foto: Fábio Gomes/RPC)

Transporte dos corpos
Segundo o Governo de Santa Catarina, o caminhão refrigerado saiu, às 16h de domingo, com 32 corpos do Instituto Médico-Legal (IML) de Joinville; 11 corpos foram levados por funerárias e sete permaneceram no IML. Os últimos não puderam ser levados no dia para o Paraná porque as famílias não foram localizadas ou por falta de documentação. No entanto, nesta segunda-feira, seis deles foram liberados. Até as 10h, restava apenas um corpo no IML.

Todos os corpos foram identificados; foram 12 horas para que o trabalho fosse concluído. Havia 15 homens, 20 mulheres, cinco adolescentes e 11 crianças entre as 51 vítimas identificadas pelo IML.

Caminhão com sistema de conservação tranporta corpos para o Paraná (Foto: Gabriela Machado/Divulgação)Caminhão com sistema de conservação transportou corpos para o Paraná (Foto: Gabriela Machado/Divulgação)

Paraná de luto
Na manhã de domingo, o governador do Paraná Beto Richa decretou luto oficial de três dias em todo o estado, como homenagem às vítimas do acidente.

A presidente Dilma Roussef também se manifestou sobre o acidente em nota. “É com pesar que soube da notícia da morte de 54 pessoas em um acidente de ônibus na Serra Dona Francisca, em Santa Catarina. Nesta hora de dor e sofrimento, quero apresentar meus sentimentos às famílias e amigos que perderam seus entes queridos”, disse.

Retirada do ônibus
A SC-418, onde ocorreu o acidente, foi bloqueada entre as 16h10 e as 22h10 de domingo para a retirada do veículo, que estava a cerca de 100 metros da altura da rodovia. O ônibus foi levado para o posto da polícia rodoviária de Campo Alegre e, conforme os policiais, ainda deve passar por perícia. Durante a remoção, embaixo do veículo, foi achado o corpo da 51ª vítima.

Ônibus com placas de União da Vitória desceu uma ribanceira  (Foto: André Buzzi/RBS TV)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.