Vereador diz que população se manifestará e debate deve esquentar na Câmara de São Luís

Paulo Victor é autor do Projeto de Lei que regulamenta o serviço e, segundo ele, outros vereadores atrasam tramitação

SÃO LUÍS – Autor do Projeto de Lei de número 001/2017, que visa regulamentar a atividade econômica privada de transporte individual remunerado de passageiros por meio das chamadas Operadoras de Tecnologia de Transporte Credenciadas em São Luís, afirmou que PL segue em tramitação e deve, no máximo, em março seguir para votação em plenário. Paulo Victor (Pros) criticou a demora dessa tramitação – acusando outros parlamentes que são contra o projeto – e disse que a chegada da Uber em São Luís vai abrir um leque de opções no transporte para a população e incentivar a livre concorrência no mercado. A plataforma Uber começa a funcionar na capital, às 14 horas, desta terça-­feira (21).

“Esse projeto foi protocolado no dia 23 de janeiro, inclusive foi o primeiro da Câmara, ele já passou pela assessoria jurídica da Casa, agora vai ser encaminhado para as comissões. Ele vai para a pauta do plenário, para ser encaminhado para as comissões de Justiça e Trânsito e Transporte”, explicou Paulo Victor, lembrando que entrará com pedido de urgência nessa tramitação do PL, já que o serviço entrará em vigor na cidade nesta terça­-feira. O vereador acredita a chegada da Uber em São Luís trará apenas benefícios para a população. “A livre iniciativa do comércio tem que existir. Isso é um princípio constitucional. Nós só temos ônibus e táxi aqui em São Luís, não temos metrô, não temos VLT, e isso [chegada do Uber] será o artifício a mais para a sociedade, é a população que ganha”.

O parlamentar disse também que esse projeto já era para estar em pauta, já que foi o primeiro protocolado nesta legislatura. “Já para estar em pauta. Só que existe uma grande dificuldade por conta de alguns vereadores que são contra o Uber. Mas com a chegada do Uber, a população vai impulsionar para a Câmara se posicionar”, comentou Paulo Victor, afirmando que até março os outros vereadores terão de se posicionar.

Segundo a gerente de Comunicação da plataforma Uber, Letícia Mazon, a plataforma digital inicia sua prestação de serviço em São Luís, nesta terça-­feira (21), às 14 horas. “Nós não revelamos estes números, mas afirmo que são 50 mil parceiros em todo Brasil que atendem a quase 9 milhões de usuários. Também garanto que amanhã [nesta terça-­feira estamos começando, às 14 horas, o nosso serviço. Estamos bastante animados”, disse.

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.