‘Velozes e furiosos 8’ lidera bilheteria americana pela 3ª semana seguida

Oitava parte da saga superou US$ 1 bilhão em arrecadação mundial. Comédia com apelo latino ‘Como se tornar um conquistador’ ficou em segundo lugar.

Velozes e furiosos 8″ reinou nas bilheteiras dos Estados Unidos pela terceira semana consecutiva, e “O Círculo”, com Tom Hanks e Emma Watson no elenco, perdeu lugar para “Como se tornar um conquistador”, do comediante mexicano Eugenio Derbez.

De acordo com o site especializado “Box Office Mojo”, a oitava parte da saga “Velozes e Furiosos”, dirigida por F. Gary Gray, faturou US$ 19,4 milhões no fim de semana, enquanto a arrecadação mundial superou US$ 1 bilhão. A grande novidade do novo filme é Charlize Theron, uma enigmática mulher que seduz Dom (Vin Diesel) e o arrasta para o mundo do crime, traindo o resto da equipe, entre eles os personagens de Jason Statham, Michelle Rodriguez e Dwayne Johnson.

O segundo lugar no ranking americano de bilheteria foi para a comédia “Como se tornar um conquistador” – a primeira vez em que Derbez faz um protagonista falando em inglês -, com US$ 12 milhões, valor que supera com folga a marca conseguida em sua estreia com “Não aceitamos devoluções”, o filme em espanhol de maior sucesso na história dos Estados Unidos.

De acordo com um levantamento publicado pelo jornal “Los Angeles Times”, 89% dos espectadores do filme se identificaram como latinos. No longa, Derbez é Máximo, um gigolô abandonado por uma idosa ricaça. Sem alternativa, ele se vê forçado a voltar a morar com a irmã (Salma Hayek), com quem tem uma difícil relação, e seu filho. O elenco do filme, dirigido por Ken Marino, tem ainda Rob Lowe, Kristen Bell e Raquel Welch.

A terceira posição ficou com o filme indiano “Baahubali 2: The Conclusion”, com US$ 10,1 milhões. Na história, Shiva, filho de Bahubali, busca respostas sobre suas origens.

“O Círculo” levou a quarta posição, com US$ 9,3 milhões. Nesta produção, uma jovem consegue o trabalho dos sonhos dentro de uma grande empresa de tecnologia, mas tudo muda quando ela descobre os obscuros objetivos da companhia.

Na última colocação ficou a animação “O poderoso chefinho”, com US$ 9 milhões. O filme conta como a chegada de um bebê impacta de forma decisiva todos os membros de uma família, em uma história narrada do ponto de vista do irmão mais velho. Na versão brasileira, a atriz Giovanna Antonelli dá voz a Janice, a mãe da família.

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.