Um ano após obra, via de acesso ao Socorrão II está sem asfalto

 

 

Recuperação da Avenida Tancredo Neves foi orçada em R$ 800 mil; foi feita intervenção asfáltica, com a realização de drenagem profunda e superficial

 

 

 

Após passar por uma obra de recuperação no ano passado, realizada pelo Governo do Estado, a Avenida Tancredo Ne ves, via estratégica que dá acesso a bairros, aos hospitais Socorrão II e do Servidor e à MA-201 (Estrada de Ribamar), já apresenta diversos problemas estruturais. Os moradores da área e os motoristas reclamam da situação precária em que se encontra o asfalto, da quantidade de buracos e da falta de uma canaleta na área para o escoamento de água.

Ontem, moradores interditaram a via no trecho do bairro Santa Efigênia, para consertar um encanamento que estourou após a tubulação ser atingida por um veículo pesado. No local, o asfalto já não existe, e o escoamento de água está comprometido por falta de canaletas.

A doméstica Alcione dos Santos, de 41 anos, disse que se sente prejudicada com a poeira causada pelos veículos. “Como aqui está sem asfalto, quando os carros passam, levanta muita poeira. Nós estamos desprezados pelo poder público e vamos deixar aqui fechado, até uma solução”, relatou indignada.

Ainda segundo a moradora, equipes da Prefeitura de São Luís vão ao local tentar amenizar a precariedade, mas não adianta. “Eles vêm aqui e jogam pedaços de pedras pesadas, mas piora só o que já está ruim”, reclamou.

A grande quantidade de buracos na área dificulta a locomoção de pedestres e motoristas e prejudica os comerciantes. O borracheiro Arnaldo Carvalho, de 55 anos, explicou que por causa da situação da avenida quase não aparecem mais clientes na oficina em que trabalha. “A cada dia que passa, o movimento está caindo mais, porque, com os buracos, é muito difícil um motorista trafegar por aqui. Estou no prejuízo e sem poder trabalhar para poder levar o alimento da família”, disse, insatisfeito.

Sobre a precariedade da Avenida Tancredo Neves, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, informou, em nota, que o local já está incluído na programação de obras de infraestrutura. E que, em parceria com o Governo do Estado, executou serviços em toda a extensão da Avenida Principal da Santa Efigênia, por meio do Programa Mais Asfalto. A pasta ainda comunicou que todas as obras estão no prazo de execução

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.