Três pessoas são presas no MA durante megaoperação contra pedofilia

Segundo o Ministério da Justiça e Cidadania, os presos são suspeitos de disseminar pornografia infantil e pedofilia

 

 

 

Três pessoas foram presas no Maranhão, na manhã desta sexta-feira, durante a megaoperação Luz na Infância, de combate à pedofilia, realizada pela Polícia Civil de 24 estados e do DF em parceria com a Polícia Federal. Os suspeitos foram identificados como Oziel Franklin Estrela Gomes, de 36 anos, Alessandro Saraiva Soeiro, de 36 anos, e José Carlos Mesquita Oliveira, de 53 anos. Até o momento, 83 suspeitos de crimes de pedofilia foram autuados em todo o país.

Segundo o Ministério da Justiça e Cidadania, os presos, em flagrante, são suspeitos de disseminar pornografia infantil e pedofilia na internet e, em alguns casos, eles eram também os responsáveis pela produção do material.

A operação é considerada uma das maiores do mundo no combate à pedofilia e envolve 1,1 mil policiais. O trabalho de investigação durou seis meses. A Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública contou a colaboração da Embaixada dos Estados Unidos.

Até o momento, além das prisões no Maranhão, foram presas quatro pessoas no Distrito Federal, uma no Espírito Santo, oito em Goiás, oito em Minas Gerais, duas no Pará, duas na Paraíba, duas em Pernambuco, seis no Pará, duas no Rio de Janeiro, uma no Rio Grande do Norte, duas em Rondônia, oito no Rio Grande do Sul, três em Santa Catarina, três em Sergipe, 25 em São Paulo e duas em Tocantins.
As prisões foram em flagrante, resultantes do cumprimento de mandados de busca e apreensão, que ocorrem em 24 estados e no Distrito Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: imirante.com

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.