Suspeitos de integrar quadrilha interestadual são presos

 

 

 

As investigações apontam que os três são responsáveis pela distribuição de entorpecentes trazidos do Estado do Mato Grosso ao Estado do Maranhão

 

 

 

 

Suspeitos de integrar uma associação criminosa armada voltada ao tráfico interestadual de entorpecentes foram presos após seis meses de investigações do Departamento de Combate ao Crime Organizado da  Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC). São eles Robson Pereira da Silva (38 anos), natural de Camapuã-MS, Edilson Santos Diniz (42 anos), natural de Viana-MA e Felipe Rafael Pereira da Silva (27 anos).

As investigações apontam que os três são responsáveis pela distribuição de entorpecentes trazidos do Estado do Mato Grosso ao Estado do Maranhão, tendo com eles sido encontrados e apreendidos 30 kg de crack, uma arma de fogo tipo revólver municiada e a quantia de R$ 46 mil, que estavam enterrados em três tonéis em imóveis nos bairros Alto do Turu e Vicente Fialho, além de um automóvel, que teria sido  utilizado pelos criminosos para fazer a distribuição da droga na capital maranhense. A droga foi avaliada em R$ 750 mil.

Segundo informações da Seic, dentro da organização criminosa, Robson tinha a função de distribuir o entorpecente e de realizar a contabilidade; Edilson atuava como motorista e também realizando o transporte da droga; e Felipe tinha a função de guardar o entorpecente.

Os três acusados já respondem a vários processos criminais pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico, e foram autuados em flagrante delito como incursos nos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo. Após as formalidades legais,  eles foram encaminhados para o Centro de Observação Criminologica e Triagem de São Luís, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.