Suspeita de assassinato na morte da torcedora do Moto Clube

Por Mauro Garcia

O pai da jovem Rafaella Cristina Santos, que morreu na noite desta  terça – feira (07), após despencar de uma construção  abandonada , disse na manhã  desta quarta – feira (08), em um programa jornalístico da TV,  que a morte da filha terá que ser  investigado com cautela.

Francisco Santos afirmou, que para a família é descartada qualquer hipótese de suicídio, que segundo ele, a filha pode não ter se jogado de livre espontânea vontade, como foi divulgado nas redes sociais. Ele sustenta a tese que a filha tenha caído acidentalmente, ou foi   empurrada criminosamente , já  que a mesma caiu de costas,  o que descarta a possibilidade de suicídio

“Eu creio que a minha filha não se jogou, até porque ela caiu de costas”.

“Tem nas fraturas que ela caiu de costas”. Disse o pai revoltado

. Rafaela saiu de casa onde morava no bairro da Cidade Olímpica, ainda à tarde, para se encontrar com uma amiga, que havia ligado para o celular dela, e a mesma amiga ligou para o pai da vitima no inicio da noite, avisando da morte de Rafaella.

De acordo com informações o local, é bastante frequentado durante a noite, e   serve como ponto de droga, por ser uma construção abandonada , que vem sendo  usada para farras noturnas e prostituição.

A policia suspeita que além da amiga de Rafella, outras pessoas também estavam no local, onde o caso esta sendo investigado com cautela, para descobrir o que realmente aconteceu.

“Algumas pessoas que estavam lá não eram amigos dela”, afirmou o pai, que pediu que a investigação da polícia seja feita com cautela. O caso está sendo acompanhado pela Delegacia de Homicídios.

A estrutura de onde Rafaella caiu é conhecida como “esqueleto”, um espaço abandonado que pertence a uma operadora de telefonia, próximo ao Elevado da Cohama.

Local sinistro

Em 2014 um jovem de 20 anos, Ismael Alves, também morreu ao cair do local. Na época, testemunhas afirmaram que o jovem foi ao local para tirar umas fotos da cidade e, ao se desequilibrar, caiu do prédio.

o jovem chegou ao prédio por volta das 17h acompanhado de outros três amigos. Eles subiram levando máquinas fotográficas. Alguns deles chegaram a subir pelas ferragens, enquanto outros pela escada, que apresenta marcas de corrosão, inclusive há buracos na maioria dos degraus.

No quinto andar, o estudante tentou pular um dos vagões de ferro, mas acabou caindo. De acordo com informações de Ricardo Santos, ainda foram acionados o Corpo de Bombeiros e a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas o jovem teve morte instantânea.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.