Semana de Museus terá programação em várias regiões

Maio, conhecido pela comemoração do Dia das Mães, também é o mês onde os museus costumam oferecem programações culturais gratuitas e diversificadas para celebrar o Dia Internacional dos Museus (18/05). A 16ª temporada cultural da Semana de Museus, evento nacional que acontece de 14 a 20 deste mês em todo o Brasil, terá atividades em São Luís e interior do Maranhão.

O evento reúne diversas casas de cultura vinculadas à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), além de outros museus do estado. A programação conta com exposições, ciclo de palestras, exibição de filmes, visita mediada aos museus, oficinas, atividades culturais e educativas.

O tema da 16ª edição é ‘Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos’, propondo uma aproximação dos museus com seus públicos tanto por meio de conexões digitais quanto por outros meios de interação.

Participam desta edição o Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), a Casa da Fésta (Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho), a Casa do Maranhão, o Museu Histórico de Alcântara, a Casa de Cultura Josué Montello, o Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia, a Casa de Nhozinho, o Museu do Reggae, Convento das Mercês, além de outras casas de cultura não vinculadas ao estado, como a Casa Huguenote Daniel de La Touche, o Instituto Ecomuseu Sítio do Físico, o Memorial da Balaiada, em Caxias, a Secretaria de Cultura de Água Doce do Maranhão, entre outros.

São Luís

Em São Luís, 11 equipamentos culturais do estado estão com programação especial. Nesta segunda-feira (14), às 14h, começa o ciclo de palestras ‘Museus: Conexões de Sentidos’, promovido pelo Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM). O evento segue até o dia 16 no auditório do Palácio dos Leões, debatendo temas variados sobre os museus.

O MHAM e o Museu de Arte Sacra também oferecem visita mediada com inserção de QR Code em algumas peças da exposição. A ferramenta possibilita que os visitantes tenham acesso online às informações do acervo.

Outra atração é a roda de conversa e leitura pública na Casa de Cultura Josué Montello, de 16 a 18 de maio, com a participação de idosos, abordando dois romances de Josué Montello, utilizando-se de leitura de trechos que exemplificam o viver maranhense. Nos outros dias, ocorrem ainda exibição de documentários, oficinas e contação de histórias para o público infanto juvenil, com base no livro ‘O Tesouro de D. José’.

O espaço interativo Lugar de Memória, do Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia (CPHNAMA), é uma ótima opção para esse maio de museus. Dispõe de diversos recursos audiovisuais, linha do tempo e outras curiosidades. No dia 16 o Centro apresenta três palestras: Terra de Gigantes: os dinossauros do território maranhense, com Agostinha Pereira, às 15h; Conectando com a Pré-história do Maranhão: As populações palafiticas da Baixada, com Deusdédit Filho, às 16h; e Antenado com as populações indígenas do Maranhão: Resistência e diversidade, com João Damasceno, às 17h.

A Fundação Memória Republicana oferece no dia 18 oficinas de dança, além de visita mediada ao museu. Ainda no dia 18, a Casa do Maranhão promove a intervenção teatral Instalação Plugados – Trilhas Digitais, às 16h, no Salão de Exposição, abordando aspectos positivos e negativos do uso da tecnologia.

Alcântara

Na cidade de Alcântara, a Semana de Museus acontece durante a Festa do Divino, uma das manifestações religiosas mais tradicionais do estado e que anualmente recebe muitos turistas. Para receber os visitantes, o Museu Histórico de Alcântara preparou uma exposição especial sobre a festividade.

Caxias

Em Caxias, o Memorial da Balaiada oferece aos visitantes uma programação cheia de atividades culturais. No dia 18, haverá apresentação do Grupo de Dança do Instituto Salmos, palestra sobre o movimento da Balaiada no Maranhão no contexto da cidade de Caxias, exibição de filme, visita mediada e roda de conversa.

Água Doce do Maranhão

Em Água Doce do Maranhão, a Secretaria de Turismo realizará exposição com acervo de fotos e utensílios que representam a história e o desenvolvimento da cidade, e visita mediada às igrejas que constituem o patrimônio histórico e cultural do município.
Anexos

Museu Histórico e Artístico do Maranhão
Convento das Mercês
Casa de Cultura Josué Montello
Casa do Maranhão

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.