Sedihc entrega a Ordem Timbira do Mérito em Direitos Humanos

A medalha da Ordem Timbira do Mérito em Direitos Humanos foi entregue na noite desta segunda-feira (20), no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, a personalidades que prestaram relevantes serviços à sociedade nessa área. A escolha foi feita por meio de enquete virtual. O evento, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos, foi comandado pelo secretário de Estado de Direitos Humanos, Sérgio Tamer, que na ocasião representou a governadora Roseana Sarney.
A homenagem englobou 17 categorias, entre elas, Defensor de Direitos Humanos, Direito do Consumidor, Enfrentamento à Violência e Enfrentamento à Pobreza e Acesso aos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais, sendo que esta última contemplou o vice-governador e senador eleito, João Alberto de Sousa.
Sérgio Tamer lembrou que todos os homenageados foram indicados por votação popular na internet, via site da Secretaria de Direitos Humanos. “A lista de agraciados é significativa e nos próximos anos poderá ser ainda maior. O que não podemos deixar é de homenagear aqueles que trabalham para garantir os direitos humanos no Maranhão”, declarou.
Um dos homenageados por sua atuação no Maranhão em defesa dos direitos humanos, coronel Carlos Henrique Guedes, comandante do 24º Batalhão de Caçadores, disse que este foi uma das homenagens mais importantes de sua carreira militar. “Sinto-me orgulhoso por estar contribuindo em uma área tão carente de iniciativas no Brasil. Quero agradecer aos que votaram em mim e ao secretário Sérgio Tamer, pela iniciativa”, disse.
A secretária de Estado da Mulher, Catharina Nunes Bacelar, também recebeu a medalha, na categoria Igualdade de Gênero. Ela se disse emocionada e agradeceu a comenda em nome de toda a sua equipe de trabalho. “Este é um conhecimento do nosso trabalho em prol de várias causas que abraçamos este ano, entre elas a dos direitos dos homossexuais”, disse a secretária, que recentemente foi agraciada com o Prêmio Gayvota, no Teatro João do Vale.
Na categoria Garantia dos Direitos da População foram agraciados Márcio Jânio Sousa, do Centro de Referência de Bacabal, e Luis Carlos Garcia Soares, sócio-fundador do Grupo Gayvota. “Este é um reconhecimento da sociedade pelas ações que realizamos ao longo do ano e estamos muito agradecidos”, disse Carlos Garcia.
O defensor público geral do Maranhão, Aldy Mello de Araújo Filho, foi contemplado na categoria Defensor de Direitos Humanos, e lembrou que ano passado foi agraciado pelo mesmo prêmio na categoria institucional. “Uma grande satisfação para mim receber este prêmio na categoria individual. A Defensoria Pública é hoje um dos grandes instrumentos dos direitos humanos e estou recendo esta medalha na certeza de que iremos trabalhar cada vez mais e em 2011 daremos continuidade às nossas ações de interiorização”, disse o defensor.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.