Saúde da Região Metropolitana da Grande São Luís será discutida em colegiado

Na Região Metropolitana da Grande São Luís, investimentos do Governo do Estado em áreas como saúde, infraestrutura, mobilidade urbana, turismo, entre outros, serão discutidos em colegiado. O grupo foi instalado oficialmente na quarta-feira (8) pelo governador Flávio Dino, durante reunião com os representantes das pastas que compõem o colegiado e os gestores dos treze municípios da região.

Além do governador Flávio Dino e dos treze prefeitos, integram o colegiado os secretários de estado da Saúde, Casa Civil, Cidades e Desenvolvimento Urbano, Planejamento, Orçamento e Gestão, Assuntos Políticos e Federativos, Infraestrutura, Desenvolvimento Social, Meio Ambiente e Recursos Naturais, Turismo, Trabalho e Economia Solidária, Indústria e Comércio e Educação.

O governador Flávio Dino enfatizou o objetivo do colegiado, cuja intenção é por em prática o que prevê a Lei Complementar Estadual nº 174 de 25 de maio de 2015, com a criação da Região Metropolitana da Grande São Luís. “Essa iniciativa dá força, unidade e identidade ao aglomerado populacional territorial para dialogar com o Governo do Estado e o próprio governo federal. Essa é uma parceria exitosa porque nós temos a possibilidade de fazer com que sejam pactuadas ações e estratégias comuns”, ressaltou.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, avaliou positivamente a composição do grupo. “Na saúde, já estamos trabalhando de forma regionalizada, priorizando investimentos e ações que beneficiem toda uma região. É dessa forma, com um planejamento junto aos municípios, que, mesmo em meio à crise econômica, vamos trabalhando na ampliação do alcance dos serviços e, assim, na construção de um Maranhão melhor para todos”, destacou.

Além de São Luís, a região metropolitana é formada por São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Alcântara, Bacabeira, Rosário, Axixá, Santa Rita, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Morros e Icatu. Juntos, os municípios abrigam cerca de 1,6 milhões de pessoas. A prefeita de Axixá, Sônia Campos, aprovou a formação do colegiado. “Já estamos tratamos de demandas da Saúde com o secretário e, agora, teremos oportunidade de enfatizar nossas propostas nesse colegiado para o desenvolvimento de outras áreas também”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.