Saida de João Câncio do PRTB prejudica pré candidatura de Bentivi

Por meio de uma carta que mais parece um chororó, típico de derrotado, João Câncio da Silva, fundador do PRTB – Partido Renovador Trabalhista Brasileiro no Maranhão, anunciou sua saída da sigla.

Câncio que meses atrás travou uma verdadeira guerra contra o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, por conta da direção da legenda na Capital maranhense, informou que não faz mais parte do partido que ajudou a criar no Estado e no País.

O agora ex-dirigente, defensor da pré-candidatura a prefeito de São Luís do médico João Bentivi, fez um breve relatório de sua passagem de 21 anos e salientou que honrou com fidelidade partidária e cumpriu com as normas do partido.

Antes de concluir a “carta” publicada na noite deste domingo(27) em sua página no Facebook, João Câncio disse passar por dificuldades financeiras, no entanto, sai de cabeça erguida: “Sempre fui um homem honesto e nunca me vendi”, afirmou.

“Dr. Levi, então Presidente Nacional do PRTB, quando queria comunicar com a minha pessoa, seja o horário que fosse, ligava, agora nem sequer me atende”, desabafou Câncio, que ainda alegou estar passando por um verdadeiro infortúnio, e está sendo difamado e caluniado pelos próprios correligionários.

– Confira abaixo o teor do texto da Carta de despedida de João Câncio que deixou a direção regional e municipal, justificando que ficou de fora das últimas

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.