Sabotagens de Hans Nina e Sergio Frota contra clubes maranhenses

 A divulgação de tabela sem jogos, e uma lista de jogadores para ser cooptados, está entre os podres da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Com o vazamento de informações sobre uma suposta tentativa de sabotar as partidas do Moto Clube de São Luís, coloca em cheque a credibilidade do Campeonato, trazendo de volta a velha pratica antidesportista, que trás uma das figuras bem conhecida e importe do clube rubro- negro maranhense, envolvido em uma trapaça para prejudicar a gestão do atual presidente da equipe maranhense.

Hans Nina ex- presidente do Moto Club e hoje, atual diretor técnico da Federação, não têm medido esforços para atrapalhar ainda mais a vida do Club, e de seus torcedores.

Informações privilegiadas dão conta que logo assumindo  o cargo na FMF, o próprio Hans Nina fez questão de elaborar a tabela e o regulamento do campeonato com apoio do presidente do Sampaio Correia, o deputado Sérgio Frota, colocando  as partidas do rubro negro somente nas quintas-feiras nos horários de 23h, tirando os jogos de domingo prejudicando a equipe e impossibilitando a torcida de comparecer aos jogos do clube.

Outra informação obtida pelo blog noticiário, seria supostas passagens áreas patrocinadas com recursos da FMF ao Imperatriz para que os atletas da equipe  tocantina possam ficar em condições de jogos  na partida de Ida, em São Luís, o que não aconteceria com os rubro –negros, que teriam de viajar em ônibus fretados para que não tivessem condições de jogar a partida  no jogo de volta em Imperatriz.

Transmissão

A ideia é comparar jogo pago pela TV com jogo explorado pela FMF, que os clubes jogam para sustentar as duas entidades, tanto que colocou o jogo de Moto x Imperatriz para as 23h59 de quinta-feira, dia 5 de abril .


Arbitragem

A diretoria do Moto Club também deve se manifestar sobre a arbitragem, tanto na partida de São Luís, quanto Imperatriz, sobre alegação de uma possível sabotagem.

Feitiço contra o feiticeiro

Na tentativa de tirar os motenses do páreo, e sabendo os horários das partidas do rival.  Sergio Frota autorizou o técnico boliviano abrir para equipes menores e até para o MAC,  com objetivo de tirar os rubros negros das semifinais, mas o tiro acabou saindo pela culatra, e o Sampaio acabou  ficando fora das semifinais do Maranhense da Copa Nordeste, e da Copa do Brasil  

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.