Roseana inaugura ampliação e urbanização do Espigão Costeiro e da Península da Ponta d’Areia

Governadora Roseana inaugura Espigão.
Governadora Roseana inaugura Espigão.

A governadora Roseana Sarney inaugurou, na tarde desta sexta-feira (7), as obras de ampliação e urbanização do Espigão Costeiro e a urbanização da Península da Ponta d’Areia, executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra). Acompanhada de diversas autoridades, entre secretários de Estado, deputados e do senador João Alberto, ela fez questão de caminhar os 572 metros do Espigão, depois de descerrar a placa e ser recepcionada ao som da Banda do Bom Menino.

“Estou prestes a deixar o Governo do Estado e o farei com o sentimento de dever cumprido, entregando as obras que prometi à população, entre elas, o Espigão Costeiro, que agora será o novo cartão-postal da cidade, além, é claro, de cumprir o seu papel para o qual foi projetado, que é conter o avanço da maré e aumentar a faixa de areia neste ponto, entre outros benefícios, inclusive para a navegação. Até o fim do meu mandato, entregarei outras obras, a exemplo da segunda etapa da Avenida Expressa”, disse a governadora, que ainda tomou água de coco em um dos quiosques, assistiu a uma apresentação do musical Natalina da Paixão, da Companhia Barrica e visitou o Memorial Bandeira Tribuzi, com uma exposição sobre a vida e obra de Bandeira Tribuzi.

Com a governadora estava o secretário de Estado de Infraestrutura, José Raimundo Frazão. Ele disse que, com a inauguração da obra, é a população quem está recebendo um presente antecipado de Natal. “Trata-se de uma obra muito importante do ponto de vista estrutural ao que se propõe e, como todos estão vendo, representa um ganho para a cidade, em termos de turismo”.

O mesmo destacou Olga Simão, secretária de Estado da Cultura, enfatizando que, antes mesmo de sua inauguração, o Espigão já estava atraindo a atenção da população, principalmente dos adeptos da caminhada, que também estão procurando o local para a contemplação do pôr do sol e a prática de esportes, entre eles o stand up paddle, viabilizado naquela área graças à piscina natural que se formou em um dos lados do bloco de pedra.

“Nós estamos inaugurando também aqui hoje o nosso presépio de Natal, produzido em tamanho natural com elementos da cultura maranhense. Na verdade, este espaço será também para as artes no geral. O Governo do Estado entrega hoje uma de suas mais belas obras”, considerou Olga Simão.

Também presentes os secretários de Estado Anna Graziella Costa (Casa Civil), Carla Georgina (Comunicação Social), Jura Filho (Turismo), Ricardo Murad (Saúde), Fernando Fialho (Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar), Danilo Furtado (Educação), Catharina Bacelar (Mulher), Luiza Oliveira (Direitos Humanos), Paulo Costa (Justiça e Administração Penitenciária), Rodrigo Valente (Programas Especiais), José Costa (Ciência e Tecnologia), Coronel José Ribamar Vieira (Gabinete Militar), Laércio Costa (Adjunto da SSP); o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo; entre outras autoridades.

Para a população, a obra é bem-vinda e representa um avanço em termos de turismo. “A governadora está de parabéns por essa obra e creio que será importante também para a geração de renda aqui nessa área, pois já observei que tem gente já comercializando água e coco e outros espaços funcionarão aqui, como um café”, disse a aposentada do serviço público Adma Pereira, moradora do bairro Vinhais.

As obras do Espigão foram ainda mais festejadas pelo vendedor de coco Benedito Gonçalves Pereira, que há seis anos trabalha naquela área e não imaginava que um dia iria ver o que está presenciando. “Aqui era um lugar deserto e eu vendia minha mercadoria mais para os viajantes que chegavam de Alcântara de barco. Até o acesso era difícil. Hoje, tudo mudou, e para melhor, e hoje tenho esse quiosque que será muito importante para a minha família. Antes eu vendia cerca de 30 unidades por dia, mas, se Deus quiser, daqui pra frente, esse número vai triplicar”, agradeceu o vendedor.

Para Marta Jerônimo, que mora nas proximidades, contemplar o pôr do sol é uma das coisas que ela mais gosta de fazer diariamente. “Venho muito aqui somente para esse propósito. É lindo demais. O governo está de parabéns por essa fantástica obra, e São Luís precisava disso”.

A obra

O Espigão Costeiro da Ponta d’Areia tem 572 metros de extensão e o trecho urbanizado totaliza, aproximadamente, dois quilômetros. A urbanização incluiu a construção de bancos, proteção das laterais, calçadão, passeio e ciclovia, quiosques para comercialização de água de coco, e o mirante, na parte mais extrema do Espigão, além da revitalização do Memorial Bandeira Tribuzi, composto por prédios para administração, lanchonete e área de exposição, entre outros detalhes.

O Espigão (ou quebra-mar, como é mais conhecido) foi construído para resolver o problema da erosão na orla da Ponta d’Areia e desassorear o canal, resultado que já vem sendo alcançado.

De acordo com o estudo – que foi financiado pela empresa Vale e doado ao Governo do Estado – o acúmulo de areia acarretou a modificação da corrente na área da Ponta d’Areia, aumentando a intensidade da erosão.

Além da erosão, a medida conterá também o assoreamento do canal existente entre a península e o banco de minerva – espécie de banco de areia. O local serve para o tráfego de embarcações.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.