Renan vira oposição e se une às centrais sindicais contra as reformas de Temer

Renan Calheiros (PMDB-AL) recebeu na tarde desta quarta-feira (3), no gabinete da liderança do partido, senadores e dirigentes de centrais sindicais para um ato político contra as reformas trabalhista e previdenciária.
“Em conversa com senadoras e senadores, Centrais Sindicais protestam contra as reformas de Temer e pedem que a Casa abra um debate com a sociedade”, explicou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).
O senador Roberto Requião (PMDB) pediu mobilização das centrais sindicais, não só para a votação das reformas, para garantir a realização de plebiscito revogatório das medidas de Michel Temer e convocar eleições gerais diretas.
“Companheiro” Renan criticou o governo, a imprensa e parabenizou os sindicalistas pela vitoriosa greve geral no último dia 28 de abril.
Renan Calheiros é líder da maior bancada no Senado, que tem 22 parlamentares. Por isso sua importância estratégica para barrar as reformas contra os trabalhadores brasileiros.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.