Psicótica diz que sentiu desejo de matar o namorado durante relação sexual

A vendedora Vanya Rocha, de 18 anos, suspeita de matar o ex-namorado durante uma relação sexual, disse que cometeu o crime, que aconteceu na quarta-feira (3), na casa da vítima, interior de Rondônia, porque teve vontade matar, sem nenhum motivo. “Sem motivos. Só queria matar alguém mesmo”, disse a jovem.

Vanya e Marcos Porto, de 26 anos, namoraram por nove meses, mas estavam separados há dois. Para atrair o rapaz, a vendedora usou a desculpa de que queria se despedir porque estava se mudando da cidade. Ela estava com uma faca dentro da bolsa.

Em depoimento, Vanya disse ter se aproveitado do momento em que os dois estavam mantendo uma relação sexual para golpear a vítima. Ela foi presa em flagrante pouco depois de matar o ex-namorado e autuada por homicídio qualificado. De acordo com a polícia, a jovem tinha a intenção de matar três pessoas, incluindo um amigo e outro ex-namorado. Dias antes de cometer o crime, Vanya postou um texto intitulado “Eu não fui uma má namorada, você que me tornou”741057672-jovem

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.