Projeto Geladeira Solidária arrecada mais de 3 mil reais no Fórum de São Luís

o-juiz-de-direito-clesio-coelho-representou-o-diretor-do-forum-sebastiao-bonfimO projeto Geladeira Solidária, instalado no Fórum Desembargador Sarney, propiciou a arrecadação de R$ 3.544,00 em três meses de funcionamento. Um cheque simbólico com a quantia foi entregue à Fundação Antônio Jorge Dino, em solenidade que marcou a desativação do equipamento na última sexta (10). Participaram do ato a diretora executiva da Psiu, Viviam Lemos e o vice-presidente do Fundação Antônio Dino, Antônio Dino Tavares. O Juiz de Direito Clésio Coelho representou o diretor do Fórum, Sebastião Bonfim.

A diretora executiva da Psiu, Viviam Lemos, disse que o Projeto Geladeira Solidária tem obtido excelentes resultados, especialmente como estímulo à cidadania. Nesse aspecto, ele informou que o êxito da iniciativa no Fórum alcançou 100%. “Isso é estimulante, porque apesar da crise política que enfrentamos, demonstra que o País tem jeito”. O Projeto Geladeira Solidária já passou por diversas instituições, entre elas Hospital Aldenora Belo, universidades Ceuma e Pitágoras e Colégio Upaon-Açu, sempre apresentando bons resultados.

Antônio Dino Tavares agradeceu em nome da instituição a parceria com o Fórum e a Psiu, que possibilitou a realização de mais uma etapa do “Geladeira Solidária”. “É um projeto vitorioso, que exercita a cidadania e acompanha o “Novembro Azul”, de prevenção do câncer de próstata. Só podemos agradecer por essa iniciativa tão importante”.

Falando em nome do diretor do Fórum, o juiz Clésio Coelho disse que o papel da justiça não deve se limitar à expedição de sentenças, mas também apoiar iniciativas de alcance público. “A gestão do Dr. Bonfim tem demonstrado essa disposição de se articular com as diversas instituições que prestam serviço de natureza social”. Ele disse que o Fórum está de portas abertas para novos projetos que importem em benefício para o conjunto da população.

A Geladeira Solidária permaneceu no térreo do Fórum pelo período de três meses. Foi instalada ali no dia 10 de novembrode 2016, junto com o lançamento do evento “Novembro Azul” de combate ao câncer de próstata, desenvolvido pelo órgão. Na geladeira eram disponibilizados para o público (interno e externo) refrigerantes, água, sucos e energéticos da marca Psiu. Ao lado do equipamento, havia um cofre para que o consumidor colocasse o valor de R$ 2,00, com o qual ele poderia pegar um dos produtos.

A Geladeira Solidária baseia-se no projeto de marketing desenvolvido por uma empresa de picolés da Europa e trazido para o Brasil pela Universidade Federal de São Paulo, com o objetivo de “testar” a honestidade do seu público e divulgar sua marca. Para isso, um freezer com vários picolés foi colocado no pátio da universidade com um cofre ao lado. As pessoas pegavam o produto e colocavam na urna o valor equivalente. O projeto foi bem aceito e amplamente divulgado pelos alunos e demais pessoas que compravam os produtos da geladeira.

A Psiu explicou que o objetivo da parceria com o Fórum de São Luís para o Novembro Azul foi divulgar sua marca, por meio do projeto Geladeira Solidária, despertando nas pessoas a solidariedade, o voluntariado e a consciência cidadã. A iniciativa também procurou contribuir financeiramente com a campanha de combate ao câncer de próstata, desenvolvida pelo fórum de justiça.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.