Projeto de Lei pode ampliar permanência de presos em presídios federais

 

 

 

De acordo com o prazo atual, presos só podem ser mantidos por até 360 dias nos presídios. Parlamentar quer que o prazo seja ampliado.

 

 

 

Um projeto de lei do deputado federal Weverton Rocha (PDT) pode modificar o atual prazo de 360 dias para permanência de presos em presídios federais. O período só pode ser ampliado, excepcionalmente, em mais 360 dias.

Um requerimento feito por uma comissão de secretários de Justiça e de administração penitenciária pede ao Governo Federal que a lei seja revista e que os presos possam ficar mais tempo nos presídios federais.

Weverton Rocha defende que a lei precisa ser revista. Para o parlamentar, os presídios do Governo Federal são mais equipados para receber presos considerados de alta periculosidade e o retorno desses presos a presídios estaduais pode desestabilizar a segurança dos internos e incitar rebeliões.

Na edição desta sexta-feira (20), o deputado comentou o projeto de lei. “Quem é do Maranhão sabe a dificuldade de manter chefes de facções em presídios como o do Complexo Penitenciário de Pedrinhas”, disse.

“Nós, do Legislativo, não podemos temer tocar neste tipo de assunto. Não podemos deixar que esses chefes de facções voltem aos presídios estaduais, que não têm a mesma estrutura para mantê-los estáveis”, destacou o parlamentar.

Assista a entrevista completa abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.