Procon Móvel amplia atendimentos em São Luís, Bacabeira, Santa Luzia e São Luís Gonzaga

 

Entre os dias 24 de agosto e 1° de setembro, o Procon Móvel vai levar os serviços da cidadania à São Luís, Bacabeira, Santa Luzia e São Luís Gonzaga. A ação faz parte do programa de descentralização dos serviços que o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e do Consumidor (Procon/MA) tem realizado em todo o Estado.

 

De 24 a 26, quem recebe o Procon Móvel é o município de Santa Luzia, durante a Agritec, no Parque de Vaquejada Mãe Luzia, MA 119, em frente à AABB, bairro Ramal. Já de 26 a 28, a cidade de Bacabeira receberá os serviços na Prefeitura Municipal, Rua 10 de novembro, s/n, bairro Cidade Nova. No dia 26, em São Luís, a unidade móvel estará no bairro Monte Castelo, na Igreja Batista do Monte Castelo, localizada à Rua Paulino de Sousa, nº 118; e no bairro Pirapora, no Centro de Formação Pirapora, localizado na Avenida São Carmelo, próximo ao ponto final do ônibus no Santo Antônio, em frente a garagem Açailândia. De 26 a 28 na Cidade Olímpica, UEB José Ribamar Bogéa, Travessa N, Unidade 105, s/n. E de 29 a 1º de setembro o Procon Móvel estará em São Luís Gonzaga, na Secretaria de Assistência Social, Rua Manuel Carlos Gondinho, s/n- Centro.

 

O Procon Móvel chega mais próximo do cidadão maranhense, com toda a comodidade e segurança é o que afirma o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior. “Desejamos cada vez mais nos aproximar do cidadão, proporcionando-o um serviço de qualidade, com toda a segurança, comodidade e o que é melhor, bem próximo a ele”, disse.

 

Os cidadãos terão acesso à emissão da 1ª e 2ª via do RG, inscrição e consulta do CPF, antecedentes criminais e serviços do balcão do cidadão, que incluem emissão de boletim de ocorrência, consultas (NIT, PIS/Pasep, Bolsa Família), inscrições em concursos e outros serviços on-line. A formalização de denúncias contra empresas e a orientação de consumidores e fornecedores, também, poderão ser realizadas.

 

Para acessar os serviços do Viva, o cidadão deve estar com os documentos originais. Para solicitar o RG, é necessário apresentar a original da certidão de nascimento ou certidão de casamento – a emissão da 1ª via do documento é gratuita. A taxa para 2ª via custa R$ 32,83, mas pode ser gratuita caso o cidadão apresente boletim de ocorrência provando roubo ou furto, ou comprovante de cadastro no CadÚnico do Governo Federal, como o cartão Bolsa Família.No caso do CPF, o solicitante deve apresentar certidão de nascimento ou de casamento. A inscrição é gratuita, assim como a segunda via. Vale lembrar que, para menores de idade, é indispensável o acompanhamento dos pais ou responsáveis.

 

Para formalizar denúncias contra serviços e empresas privadas, o consumidor deve estar de posse de original e cópia dos seus documentos, além de portar, também, os comprovantes da denúncia (como faturas, contratos, notas fiscais e números de protocolo).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.