Procon e Viva realizam reunião de alinhamento de metas sobre unificação dos órgãos

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA) realizou, nesta segunda-feira (20), a primeira reunião geral de servidores. A reunião aconteceu no auditório da Federação das Indústrias do Estados do Maranhão (Fiema), em São Luís. O novo Instituto agora inclui os serviços do Viva em sua estrutura organizacional, além do atendimento ao consumidor.

Durante o evento, foram apresentadas as metas do órgão para 2017 e a nova estrutura organizacional unindo Procon e Viva. Dentre as metas, estão a realização do primeiro concurso público desde a criação do Procon há 30 anos; a aquisição de novos caminhões para as unidades móveis; e a inauguração de novas unidades no interior do Estado.

Presidente do Procon, Duarte Júnior, fala sobre novas metas do órgão. (Foto: Divulgação/Procon)

Presidente do Procon, Duarte Júnior, fala sobre novas metas do órgão. (Foto: Divulgação/Procon)

Segundo o presidente do Procon, Duarte Júnior, a incorporação do Viva representa um fortalecimento no atendimento e na promoção de direitos civis aos cidadãos maranhenses. “A mudança vai além de mais uma redução estrutural e dos gastos, tornando a máquina pública mais eficiente, moderna, com maior celeridade e qualidade. Consolidando desta forma, os objetivos fundamentais da nossa política de governo que pretende afastar a recessão econômica e propiciar o exercício pleno de direitos. Hoje, em nosso estado o conceito de cidadão começa a ser conhecido e respeitado. Não como um favor ou uma benesse do estatal, mas como a garantia de direitos civis em prol de um adequado desenvolvimento social”, afirmou o presidente.

Para o Secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves da Conceição, a unificação dos órgãos, vinculados à Sedihpop, é resultado de um planejamento que visa à continuidade de ações que beneficiem o cidadão. “Para além da economia, a fusão do Procon e Viva proporcionará a construção de um outro desenho institucional que fortalece e amplia o acesso à documentação civil, a exemplo de Carteira de Identidade e CPF, e outros serviços do Estado, bem como trata o consumidor como cidadão, como pessoa de direito, chegando, assim, aos mais vulneráveis”, afirmou o secretário.

Ao fim da reunião contou ainda com momentos de lazer e descontração, com a apresentação do espetáculo ‘O casamento de Maria Tereza’, idealizado pela Gestão de Desenvolvimento de Talentos Humanos (GDTH) do Viva. Também a bateria da escola de samba Túnel do Sacavém encerrou a noite em ritmo de carnaval.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.