Pressão petista para ocupar vaga de Eliziane na aliança dinista

O PT continua batendo pé e cobrando do governador Flávio Dino a inclusão de um nome do partido para concorrer a uma das cadeiras no Senado pela aliança situacionista. De cara, os petistas nem cogitam ocupar a vaga do deputado federal Weverton Rocha, que é bom de briga e lidera o PDT, um partido forte e que não abre mão do espaço que ocupa. O alvo, portanto, é a vaga destinada á deputada federal Eliziane Gama (PPS). Os petistas alegam que Eliziane Gama não pertence ao bloco de esquerda, uma vez que o PPS foi oposição aos Governos do PT e teve participação ativa no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ocorre que Eliziane Gama aparece como líder nas pesquisas e ganhou peso político com esse potencial eleitoral, e tirá-la da chapa seria no mínimo uma contradição política inexplicável. O comando nacional do PT já declarou que o partido vai integrar a aliança dinista, mas os chefes locais estão tentando condicionar essa aliança.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.