Preso o perigoso Escobar

Uma operação policial articulada no município de Guimarães, no sentido de conter o tráfico de drogas na região resultou na prisão de uma quadrilha envolvida com o tráfico de entorpecentes.  A Polícia Civil e Militar prenderam nas primeiras horas desta sexta-feira (25), por volta das 6hs, o líder da quadrilha, o suspeito João Batista Silva Mendes de 42 anos, conhecido vulgarmente como “Escobar”. Durante a sua prisão foram presos ta

As informações repassadas pelo delegado regional Carlos Renato são que as prisões ocorreram no município de Guimarães em cumprimento de busca domiciliar. O delegado disse que representou pela prisão preventiva de Escobar, cujo mandado foi  cumprido pelo Delegado Diego Lemos e o Delegado Edmilson, investigadores da regional e ainda com o apoio da Polícia Militar. Os policiais militares prenderam integrantes da quadrilha logo pela manhã, sendo que Escobar foi preso por volta das 15hs. Os suspeitos presos foram identificados como: Ataniel Carvalho, conhecido como “Bel”, Nelson Matos Sousa Castro, Haroldo Silva Correia, o “Neto”, Wellington Silva Pereira, Elendilson Costa Ramos, o “Neguinho”, Alfredo Luis dos Santos Figueiredo, Werbeth Ramos Santos e Vanilson Costa Gonçalves, conhecido por BABY. O BEL e BABY, tinham mandados de prisões expedido pelo juízo de Guimarães.

Lider de quadrilha e apreensões

O delegado Carlos Renato disse ainda, que João Batista, o Escobar, seria um dos maiores traficantes da região de Pinheiro e comandou pelo menos cinco homicídios nos últimos meses. Um deles, teria ocorrido no município de Central do MA, no dia 12/03/2016, onde foi assassinado Joseildo Maia Rodrigues. Este homicídio foi divulgado amplamente através de vídeos nas redes sociais, onde aparece a tornozeleira eletrônica que Escobar usava.

A participação de Escobar na morte de Joseildo Maia, foi confirmada por meio de rastreamento da tornozeleira que ele usava, onde ficou confirmada a presença do criminoso no local do crime. A polícia civil informou ainda que o criminoso é partícipe de uma facção criminosa. Após a prisão de Escobar, foi descoberto que ele teria cortado o sinal eletrônico da tornozeleira.

Foram apreendidos com os suspeitos, dois veículos, três motocicletas, um revólver calibre 38, armas artesanais do tipo garrucha, 49 papelotes cocaína, maconha, vários celulares, diversos tênis em caixas e roupas novas. Os policiais apreenderam ainda importância em dinheiro manchados de tinta vermelha, que é feito por um dispositivo de segurança de caixas eletrônicos de agências bancárias. O valor apreendido foi a quantia de R$ 23.360 reais.

Todos os suspeitos foram ouvidos e autuados em flagrante pelos crimes de Associação ao tráfico e tráfico de drogas, receptação, porte ilegal de armas, associação criminosa armada. As investigações prosseguirão no sentido de descobrir sobre vários homicídios na região, que pode ter sido praticada pela quadrilha.

Os criminosos Escobar, Bel, Baby e Loiro foram transferidos no avião do Centro Tático Aério (CTA) para a penitenciária de Pedrinhas e ficarão à disposição da Justiça.Suspeitos-presos-300x169

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.