Presidente do Paysandu renuncia após ser ameaçado de morte

Sérgio Serra, presidente do Paysandu, em coletiva no dia de sua posse

O engenheiro elétrico Sérgio Serra renunciou à presidência do Paysandu. Abalado pelas ameaças sofridas no último domingo, quando foi abordado por dois homens armados, ao lado da família, Serra entregou sua carta de demissão na noite da última quarta-feira.

O ex-dirigente tomou a decisão após os protestos da torcida, que se iniciaram pela série de oito partidas do Papão sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro, e culminaram com o ato violento do último fim de semana.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.