Presa a mulher que cegou e matou a filha em Minas

Uma mulher acusada de matar a própria filha de 9 meses, em fevereiro, foi presa numa operação conjunta das delegacias de homicídios de Niterói e de Belo Horizonte, nesta quarta-feira. Jéssica Nunes Mateus, de 24 anos, estava escondida na casa de parentes em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela chegou a confessar o crime, em Minas Gerais, mas estava foragida desde então.
— Jéssica chamou o Samu dizendo que a menina Sophia havia se engasgado com a mamadeira. Mas na necrópsia não foi encontrado qualquer alimento, mas marcas de asfixia mecânica. Confrontada com a prova, ela confessou que matou a bebê porque estava irritada com o choro — explicou o delegado Emerson Morais, que acompanhou o caso em Minas: — Ela não ficou presa na hora porque não havia o flagrante nem um mandado. Quando ela percebeu que a pegaríamos, fugiu.
A morte da Sophia não foi o único episódio de maus-tratos que a bebê sofreu. Aos dez dias de idade, a criança estava chorando e foi agredida pela mãe com um forte tapa na cabeça. A bebê sofreu traumatismo craniano e ficou cega por conta dessa agressão. Depois da morte da criança, o marido se separou dela. Eles estavam juntos há pouco tempo, depois que se conheceram pela internet. Jéssica, que era de Caxias, se mudou para Belo Horizonte para se casar.

Fonte: Extra WP_20160525_12_03_08_Raw

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.