Prefeitura transforma São Luis em moradia de ratos e urubus

As centenas de pessoas que circulam diariamente no Largo do Carmo, em frente à Igreja do Carmo, no Centro, ficam surpresas com o descaso em relação ao local.

A população em situação de rua que vive na área estende suas roupas no gradeado da Igreja, tornando todo o ambiente ainda mais desconfigurado.

Para o taxista João Batista, que trabalha em frente à igreja, é uma situação que não tem previsão para ser resolvida. “A Prefeitura vem de vez em quando, tira os matos… Mas dar um jeito, eles não dão. Tem até esgoto estourado fazendo a maior vergonha pra gente…”, explicou o profissional.

Além da vegetação estar espalhada por toda região, há pedras da calçada totalmente deslocadas e quebradas. O relógio, parado há anos, agora apresenta partes quebradas e cada vez mais degradadas.

Fonte: Imirante

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.