Prefeito Edivaldo empossa membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social

O prefeito Edivaldo empossou nesta quarta-feira (27), os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Comdes), órgão colegiado de natureza consultiva com o propósito assessorar a gestão municipal na formulação de políticas e diretrizes para os dois setores. O ato de posse aconteceu no auditório da Associação Comercial do Maranhão (ACM), onde funcionará a sede do Comdes.

Presidido pelo prefeito Edivaldo, o conselho é composto por 15 membros titulares e seus respectivos suplentes. A instituição do órgão é um compromisso da atual gestão municipal, assumido por meio do documento “Pacto por São Luís”, que prevê metas de desenvolvimento para a capital maranhense a curto, médio e longo prazos.

O prefeito Edivaldo destacou a pluralidade do conselho e afirmou que a instituição do órgão colegiado é mais uma iniciativa de sua administração, uma gestão compartilhada com todos os segmentos da sociedade. “Damos aqui mais um importante passo para o avanço econômico, social e humano da nossa cidade. A constituição desse conselho representa uma inédita ação para envolver a sociedade ludovicense nas questões relativas aos setores econômico e social do município. Dessa forma, legitimamos ainda mais o nosso compromisso com uma São Luís mais democrática, menos desigual, mais rica e socialmente justa, tendo em vista que este conselho fomentará o debate e nos ajudará a continuar pensando e construindo a cidade que queremos para os próximos anos”, afirmou o prefeito Edivaldo em seu discurso de posse como presidente com Comdes.

Segundo o prefeito, a atuação do conselho se somará aos avanços conquistados pela cidade durante a atual gestão municipal, como melhorias da urbanização de bairros, na mobilidade urbana, na rede de saúde, na agricultura familiar e outras políticas de inclusão social, fatores essenciais para o desenvolvimento socioeconômico da capital.

O prefeito Edivaldo empossou nesta quarta-feira (27), os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Comdes), órgão colegiado de natureza consultiva com o propósito assessorar a gestão municipal na formulação de políticas e diretrizes para os dois setores. O ato de posse aconteceu no auditório da Associação Comercial do Maranhão (ACM), onde funcionará a sede do Comdes.

Presidido pelo prefeito Edivaldo, o conselho é composto por 15 membros titulares e seus respectivos suplentes. A instituição do órgão é um compromisso da atual gestão municipal, assumido por meio do documento “Pacto por São Luís”, que prevê metas de desenvolvimento para a capital maranhense a curto, médio e longo prazos.

O prefeito Edivaldo destacou a pluralidade do conselho e afirmou que a instituição do órgão colegiado é mais uma iniciativa de sua administração, uma gestão compartilhada com todos os segmentos da sociedade. “Damos aqui mais um importante passo para o avanço econômico, social e humano da nossa cidade. A constituição desse conselho representa uma inédita ação para envolver a sociedade ludovicense nas questões relativas aos setores econômico e social do município. Dessa forma, legitimamos ainda mais o nosso compromisso com uma São Luís mais democrática, menos desigual, mais rica e socialmente justa, tendo em vista que este conselho fomentará o debate e nos ajudará a continuar pensando e construindo a cidade que queremos para os próximos anos”, afirmou o prefeito Edivaldo em seu discurso de posse como presidente com Comdes.

Segundo o prefeito, a atuação do conselho se somará aos avanços conquistados pela cidade durante a atual gestão municipal, como melhorias da urbanização de bairros, na mobilidade urbana, na rede de saúde, na agricultura familiar e outras políticas de inclusão social, fatores essenciais para o desenvolvimento socioeconômico da capital.

DESENVOLVIMENTO

Para a presidente da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Luzia Rezende, que também é membro do Comdes, a instituição do conselho representa um marco na definição dos rumos para o desenvolvimento socioeconômico da capital. “Hoje, setores produtivos e poder público municipal se unem concretamente nesse desafio. Sem dúvida, é um momento marcante que traz renovadas expectativas a todos os que lutam pelo desenvolvimento da cidade e que enxergam em suas inúmeras potencialidades um caminho para essa conquista. O objetivo que nos move é ver São Luís crescendo cada vez mais forte, com uma economia dinâmica, voltada ao aproveitamento de suas inúmeras potencialidades e vocações econômicas, gerando condições para a valorização da nossa gente e dos empreendedores”, disse a presidente da ACM, Luzia Rezende.

Além do prefeito Edivaldo, acompanhado da primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, compuseram também a mesa de cerimônia de posse do conselho, a presidente da ACM, Luzia Rezende; os secretários municipais e também membros do Comdes, Lula Fylho (Governo) e Cursino Moreira (Planejamento e Desenvolvimento); o diretor superintendente do Sebrae-MA, João Batista Martins; o vice presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Luiz Fernando Renner; o presidente e o vice-presidente do Conselho Regional de Economia do Maranhão (Corecon), respectivamente, Valmir Seguins Araújo e Jadson Pessoa. Todos são membros do Comdes.

Compôs também a mesa o diretor de Operações Logísticas da Vale, Zenaldo Oliveira, que proferiu palestra sobre os investimentos da Vale em São Luís e o projeto de expansão da companhia no Maranhão.

Participaram também da cerimônia de posse os secretários municipais e membros do Comdes, Raimundo Rodrigues (Fazenda), Ana Paula Rodrigues (Assuntos Institucional), Socorro Araújo (Turismo), Aldo Rogério (Agricultura, Pesca e Abastecimento), Andreia Lauande (Criança e Assistência Social), Geraldo Castro Sobrinho (Educação), Marco Aurélio Diniz (Meio Ambiente), Helena Duailibe (Saúde), Diogo Lima (Urbanismo e Habitação), Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos) e o subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique.

Estiveram presentes ainda representando membros do conselho Marcelino Ramos Araújo, representante da Federação do Comércio do Estado do Maranhão (Fecomércio); Sérgio Sombra, representante da Junta Comercial do Maranhão (Jucema); Acildo Leite, da Universidade Federal do Maranhão (Ufma); Iris Maria Ribeiro, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema); Luciana Kuzolitz, da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap); Ronaldo Alves de Oliveira, do Banco do Brasil; e Eduardo Cássio Beckman, da Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.