Preço da energia elétrica aumenta a partir de agosto

 

Os consumidores devem ficar atentos quanto a cobrança da bandeira vermelha

 

O preço da energia elétrica vai aumentar para todos os consumidores do Brasil. A partir desta terça-feira, 1, a bandeira vermelha começa a ser cobrada na fatura de energia, com o valor de R$ 3 a R$ 3,50 a cada 10 kwh consumidos por mês. A medida já foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

 

A mudança deve manter os consumidores em alerta, pois a medida tem um impacto direto no bolso de cada cidadão. No caso de José Euclides, comerciante há cinco anos em Imperatriz, a fatura de energia já não é barata, e com este aumento ele teme que a situação piore, do ponto de vista econômico do seu negócio.

 

“A conta de energia ainda é cara, e eu já venho economizando com o freezer há muito tempo. Ligo durante o dia, e a noite eu desligo”, comenta seu José.

 

O comerciante ainda diz que agora deve se preparar mais ainda para o próximo aumento, e quem sabe tomar medidas de contenção de gastos, como deixar de usar algum dos refrigeradores do estabelecimento.

 

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o motivo da mudança no sistema tarifário se deve a situação desfavorável para a geração de energia no país, onde a falta de chuva proporciona o acionamento das usinas termelétricas, que geram energia mais cara.

 

Algumas contas ainda irão receber a cobrança da bandeira amarela no mês de agosto, segundo a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), pois a cobrança será de forma proporcional.

 

“Os reservatórios não estão atendendo a demanda das Concessionárias, e a energia precisa ser comprada das termelétricas. Então é bom ficar de olho na conta e tentar reduzir o consumo”, destaca a analista de comunicação da Cemar, Kelly Campos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.