Preço baixo faz produtores do ES descartarem 20 toneladas de tomate

Caixa está custando R$ 10, mas para não dar prejuízos deveria ser R$ 30.
Parte foi doada para asilos, hospitais e famílias, e também dada a gado.

Vinte toneladas de tomate foram descartadas na última segunda-feira (2) em Ibitirama, região do Caparaó do Espírito Santo. O motivo foi o baixo preço do produto no dia: R$ 10 a caixa.

Segundo o técnico agrícola Rodrigo Alves Oliveira, que estava no local, o preço ruim não compensava pagar o caminhão de frete para vender o alimento.

“Tem que vender por, no mínimo, R$ 30 a caixa para custear o gasto com mão de obra e frete”, explica. Do contrário, o produtor tem um prejuízo de R$ 20 por caixa ao chegar na Ceasa.

O dono da plantação, Alexander Souza Ramalho, conta que cerca de três toneladas foram doadas para asilos e hospitais da região.

“Também liberamos para as pessoas pegarem e alimentamos o gado. Mas as outras 20 toneladas tivemos que descartar porque não tinha quem consumir. Se a gente for levar para outros lugares, vamos ter que pagar o frete. Dá muita dó descartar, mas eu não tinha alternativa”, desabafa.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.