População de São José de Ribamar celebra chegada de unidade plena do Iema

População destaca importância do Iema para a região. (Foto: Handson Chagas)

População destaca importância do Iema para a região. (Foto: Handson Chagas)

“Tenho certeza que vai melhorar muito mais. A cidade estava precisando mesmo de uma escola igual a essa”, disse a marisqueira Valdinelia Medeiros, 42 anos, ao matricular a filha Marcella Teófilo Medeiros Oliveira, 15 anos, na primeira unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) de São José de Ribamar.

Com aulas previstas para começar no dia 6 de março, a população do município celebra a chegada do novo Instituto. Valdinelia Medeiros elogiou as instalações do prédio, ao visitá-lo para efetuar a inscrição da filha. “Olhei a escola e gostei, achei a estrutura muito boa”, comentou.

A técnica em enfermagem Judite Rabelo, 46 anos, mãe do aluno Lucas Sousa Oliveira, 15 anos, também aprovou a infraestrutura. “Conheci o prédio agora e pelo visto é tudo novo, ainda estão terminando. Espero que, realmente, a equipe da escola realize um bom trabalho”, falou.

População destaca importância do Iema para a região. (Foto: Handson Chagas)

População destaca importância do Iema para a região. (Foto: Handson Chagas)

Para Lucas, ingressar no instituto é uma forma se destacar profissionalmente. “Eu me interessei pelo Iema para aprender e ingressar em uma formação técnica, ter um diferencial no mercado de trabalho, junto com a faculdade, que pretendo cursar futuramente”, afirmou o estudante, que irá cursar o ensino médio concomitante a formação técnica em Agricultura.

De acordo com a supervisora do Iema de São José de Ribamar, Sildilene Silva, a expectativa em relação ao desempenho da unidade é a melhor possível. “Nós acreditamos que iremos conseguir atender à necessidade dos alunos, através de uma unidade singular, porque além de ser a primeira de São José de Ribamar, foi planejada para fazer com que esses alunos realmente aprendam e valorizem esse novo modelo de educação”, declarou.

Ensino inovador

Nova unidade plena iniciará as atividades no mês de março. (Foto: Handson Chagas)

Nova unidade plena iniciará as atividades no mês de março. (Foto: Handson Chagas)

O Iema de São José de Ribamar irá oferecer ensino médio simultâneo a formação de quatro cursos técnicos, nas áreas de Agricultura Orgânica, Empreendedorismo, Eletromecânica e Informática voltada para a manutenção de redes. São aulas com 10 horas diárias, das 7h às 17h, com intervalos para refeições e descanso, feitos na própria escola.

“São cursos escolhidos pela comunidade, porque nós temos que ter cursos que atendam a necessidade da região. Não adianta trazer cursos que, após terminarem, deixem os alunos sem emprego, ociosos. Desta forma, a gestão do Iema começa, no nosso ponto de vista, correta, porque busca atender os anseios da população”, disse Sildilene.

Investimentos

Nova unidade plena iniciará as atividades no mês de março. (Foto: Handson Chagas)

Nova unidade plena iniciará as atividades no mês de março. (Foto: Handson Chagas)

Para a construção da unidade plena de São José de Ribamar, o Governo do Maranhão investiu R$ 1,98 milhão, através das secretarias estaduais da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Infraestrutura (Sinfra). Como parte da política de ampliação do Iema, também serão entregues unidades plenas nas cidades de Axixá, Coroatá e Timon.

Com as novas unidades plenas, eleva-se para 1.050 o número de vagas ofertadas em 2017, triplo do que foi oferecido no ano passado, quando o estado dispunha apenas de unidades plenas em São Luís, Bacabeira e Pindaré Mirim. Somente em São José de Ribamar, serão ofertadas vagas para um total de 160 alunos.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

                                                   ALICE MENDES

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.