Policia investiga relação de morte casal de lésbica com briga entre fações criminosas

A polícia está investigando se a morte de duas mulheres, na madrugada desta terça-feira (5), na cidade de Ibateguara, Zona da Mata alagoana, tem relação com uma suposta guerra entre gangues, que praticam crimes na região.

A residência onde o casal residia foi invadida por suspeitos, que arrombaram a porta e encontrou as vítimas na cama. Os autores efetuaram vários tiros contra as vítimas, que morreram na hora.

De acordo com informações dos militares do 2º Batalhão, que estiveram no local e ouviram testemunhas, uma das vítimas, Elicris Muniz da Silva, de 24 anos, tinha envolvimento com crimes e integrava um grupo criminoso. Ela também já tinha passagem pela polícia.

“As duas se envolveram em uma confusão com um bando rival durante as festas de Réveillon, o que pode ter sido a motivação do crime”, comentou um militar, que preferiu não ser identificado. A companheira de Elicris, identificada como Roseli Domingos Correia, de 20 anos, foi a segunda vítima.

Ainda segundo a polícia, Roseli era casada, mas se separou e passou a ser assediada por Elicris. “A família tentou ajudar a Roseli a sair da relação já que, além de tudo, ela começou a usar drogas”, contou o policial durante entrevista ao TNH1. “Todas as vezes que ela se afastava, era ameaçada pela companheira”, acrescentou.

Os corpos foram encontrados por militares do 2º Batalhão, acionados por vizinhos, que ouviram os tiros. No local, os militares encontraram a porta da residência arrombada e os corpos estendidos na cama do casal.

Ainda não se sabe quem poderia ter cometido o crime.page

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.