Polícia de Nova York não poderá prender pessoas que usam maconha em público

O prefeito da cidade de Nova York, Bill De Blasio, anunciou na segunda-feira, em uma entrevista ao NY 1, que instruirá oficialmente o Departamento de Polícia de Nova York a parar de prender pessoas que usam maconha em público, segundo informações do Business Insider.
De Blasio explicou que a polícia agora emitirá convocações para que fumantes de maconha apenas se apresentem perante a um juiz em vez de prendê-los no local, que é a política atual.
Este anúncio acontece apenas uma semana depois que uma investigação do New York Times revelou que negros nova-iorquinos são presos a oito vezes a taxa de brancos por fumarem maconha. Nova-iorquinos latinos e hispânicos são presos a cinco vezes a taxa de brancos. As disparidades são mais notáveis ​​em Manhattan, onde os moradores negros são presos a 15 vezes a taxa dos brancos.
A mudança de política adotada pelo prefeito, que há muito tempo se opunha à legalização da maconha, reflete uma vontade política mais forte de legalização entre as autoridades de Nova York.
O porta-voz do Conselho Municipal, Corey Johnson, apoiou a legalização completa em uma conferência de imprensa na semana passada, e o Procurador Distrital de Manhattan, Cy Vance, anunciou que seu escritório encerrará o processo por delitos de fumo e porte de maconha.
Candidata ao governo de Nova York, a atriz Cynthia Nixon fez da legalização da maconha a pedra angular de sua campanha e uma questão de justiça racial.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.