Policia captura pastor suspeito de matar duas mulheres

O pastor suspeito de matar a também pastora Marcilene Oliveira Sampaio e a prima dela, Ana Cristina Sampaio, em Vitória da Conquista, sudoeste do estado, foi preso na noite de terça-feira (26), no município de Ibicuí, após cerca de 20 horas de buscas da polícia.

De acordo com o delegado Marcus Vinícius, titular da 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Vitória da Conquista), Edimar Brito foi encontrado na casa de um irmão, após sete dias de fuga. Ele é considerado mandante do crime. Dois suspeitos de executar as mortes foram presos. A suspeita da polícia é de que o crime teria sido motivado por vingança após as vítimas, que eram colegas do pastor suspeito, terem saído da igreja dele depois de um desentendimento para fundar uma nova e levado a maioria dos fiéis.

Os corpos de Marcilene e Ana Cristina foram encontrados no último dia 20, em uma estrada que liga a cidade de Conquista ao município de Barra do Choça, após sequestro na noite anterior. A pastora, Marcilene Oliveira Sampaio, também era professora da Universidade Estadual da Bahia (Uneb). As duas mulheres foram mortas com golpes de pedra, segundo a polícia.

O marido da professora, que também é pastor evangélico, estava com as duas mulheres no momento da chegada dos criminosos, na noite do dia 19 de janeiro, uma terça-feira.

De acordo com a polícia, ele foi espancado, mas conseguiu se salvar e só apareceu na manhã desta quarta. Segundo a polícia, a intenção dos criminosos era matar toda a família no sítio em que as vítimas residiam.pastor-1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.