PM acusado de assalto é condenado a 35 anos de prisão no MA

Karuso Silva Oliveira, preso no em junho de 2016, em Imperatriz, a 626 km de São Luís, foi condenado a 35 anos de prisão em regime fechado.

 

O policial militar Karuso Silva Oliveira, preso no em junho de 2016, em Imperatriz, a 626 km de São Luís, foi condenado a 35 anos de prisão em regime fechado. Ele é acusado de participar de uma quadrilha de assalto a banco. A defesa espera a publicação da sentença para recorrer da decisão.

O cabo Karuzo Silva Oliveira, lotado no 3º Batalhão de Polícia Militar, preso em junho do ano passado, foi condenado pela a Justiça do Maranhão a 35 anos de prisão pela a participação ao assalto ao banco em Santa Luzia do Tide, distante a 294 km de São Luís.

Na casa dele, em Imperatriz, foram apreendidos rádios HT, touca ninja e equipamentos similares aos usados no assalto.

O PM Karuzo havia sido expulso da corporação, mas recorreu da sentença e conseguiu a reintegração ao quadro da Polícia Militar e está em São Luís.

A defesa diz que apesar do julgamento ter acontecido na comarca de Santa Luzia do Tide, a sentença ainda não foi publicada e após essa publicação ainda cabe um recurso de apelação, num prazo de cinco dias.

Karuzo Silva Oliveira permanece como cabo da PM e o advogado Oziel Vieira afirma que vai pedir a anulação do julgamento. “Nós já estamos cuidando disso, provavelmente, essa decisão deverá ser publicada até amanhã”, finalizou.

 

 

 

 

 

FONTE: G1

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.