Pesquisadores de Amsterdã identificam 40 novos genes ligados à inteligência

Em estudo publicado nesta terça-feira, na revista Nature, estão os resultados de pesquisa realizada com 80.000 pessoas, permitindo a identificação de 40 novos genes ligados à inteligência – compondo o total de 52 relacionados a essa característica.

De acordo com a pesquisa, estes genes estão correlacionados à rapidez e eficiência das sinapses entre os neurônios. A investigação permitiu aos pesquisadores afirmar que o aspecto biológico tem importância da ordem de 50% no Q.I. de um indivíduo – sendo a outra metade  relativa às questões ambientais e estímulos a que as pessoas estão expostas, especialmente na primeira infância.

De acordo com a avaliação de especialistas da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, a principal contribuição do estudo está na luz que estas descobertas lançam na busca pela cura de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer e outros tipos de demência.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.