Pastor evangélico é brutalmente assassinado por causa de poço artesiano

Um pastor evangélico de 42 anos foi morto a tiros na noite desta terça-feira (27) em Caçapava (SP). Segundo a Polícia Civil, o homem foi assassinado na frente da esposa e da filha por volta das 23h, próximo à estrada da Piedade. Ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é de que um vizinho, comprador de uma propriedade da vítima, tenha cometido o crime. Ele e a vítima, o pastor Indiomar Donato, teriam discutido porque o homem queria usar o poço artesiano que estava na parte da propriedade que pertencia à vítima.

Segundo a Polícia Civil, a família da vítima já havia registrado dois boletins de ocorrência contra o autor – um deles por ameaças contra a vítima e o outro por ameaças contra o filho da vítima.

A família ainda afirmou à polícia que o suspeito é agressivo e seria usuário de drogas. O homem já tem passagens por porte de arma e tentativa de furto, segundo a polícia.

Após a série de discussões, o homem encontrou com Indiomar no ponto de ônibus, em que o pastor esperava a filha voltar da faculdade, e começou uma discussão. Eles entraram em luta corporal e a filha e a esposa da vítima tentaram separar.

Durante a briga, o suspeito de 35 anos sacou a arma e efetuou os disparos que mataram o pastor. Após o crime, o homem conseguiu fugir. A polícia faz buscas na região.

Indiomar Donato era pastor da Igreja Assembleia de Deus Missão em Caçapava há três anos. Ele deixou dois filhos.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.