Pacientes denunciam a falta de segurança no Hospital Geral em Codó

Pacientes do Hospital Geral Municipal Dr. Marcolino Jr. em Codó, 290 km de São Luís, denunciam a falta de segurança dentro da unidade. Eles afirmam que em apenas uma semana, o hospital já foi invadido duas vezes por assaltantes.

Nas duas ações, os bandidos levaram celulares de pacientes e acompanhantes. Outras denúncias de furtos dentro da unidade já foram realizadas à direção do hospital, que além de possuir vigilância privada conta com a ajuda da Guarda Municipal de Codó. Na parte de trás do hospital há uma grande área descoberta e os pacientes acreditam que os assaltantes estejam entrando na unidade por ela.

A área possui uma área que está tomado pelo mato e não possui nenhuma vigilância, condições que facilitam a invasão dos bandidos no hospital. A diretora do hospital, Ester Moura, afirmou que tem conhecimento sobre a falta de segurança no local e disse que já solicitou a administração municipal vigilantes armados para toda a área da unidade e vigilância eletrônica.

“O hospital é muito grande, não dispõe de grades nas janelas, ele ainda tem uma estrutura muito antiga e já foi solicitado a questão da contratação de vigilância armada, tanto para a porta da emergência quanto para dentro do hospital, por conta dessa extensão toda e o número de janelas e de áreas de acesso. Também já foi solicitado a questão de câmeras para a gente ter as imagens, intimidar a questão desses furtos”, disse. Fonte G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.