Operação Temis Deusa da Justiça: Juízes e advogados são indiciados por fraude em processos judiciais

O  Ministério Público (MP) e a Polícia Civil de Ribeirão Preto deflagraram na manhã desta quinta-feira, 11, Operação Temis (Deusa da Justiça) contra uma organização, composta inclusive por advogados, que fraudaria processos judiciais. Foram expedidos sete mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão. Entre os procurados estão quatro advogados e donos de escritórios administrativos. O prejuízo estimado seria de R$ 100 milhões.

A ação teve início às 6h, com a participação de nove delegados, seis promotores, 33 investigadores e 13 viaturas. Segundo as informações do MP, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), os suspeitos distribuiriam ações de possíveis diferenças de expurgos inflacionários decorrentes do “Plano Verão”, cujos titulares seriam, à época, poupadores do extinto Banco Nossa Caixa, incorporado pelo Banco do Brasil.

Segundo as investigações, os advogados distribuíam a ação e solicitavam segredo de Justiça para evitar a verificação de terceiros. A fraude seria baseada em quebra de sigilo bancário e captação de clientela, induzindo ao erro do poder judiciário

Portal Revide acompanha as notícias da Operação Temis durante todo o dia.

Com informações do repórter Gustavo Ribeiro.

Foto: Gustavo Ribeiro

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.