No Arraial da Vila Embratel: Multidão prestigia apresentação da Quadrilha ‘Fogueira Viva’

Uma noite de muita emoção e alegria marcou o renascimento da cultura folclórica popular da área Itaqui – Bacanga resgatada pelos integrantes da Quadrilha ‘Fogueira Viva’ da Vila Embratel.

A noite de abertura do arraial da Praça Sete Palmeiras (Viva Vila Embratel) mostrou novamente a força de importantes manifestações culturais do bairro, que no passado era um dos maiores celeiros do Folclore ludovicense.

A brilhante apresentação do grupo Folclórico Fogueira Viva, que tem o apoio do vereador Francisco Carvalho (PSL), reacendeu a chama e trouxe de volta as verdadeiras tradições culturais do bairro, que estavam esquecidas por um longo período.

Uma multidão prestigiou a primeira noite de apresentação e batismo da Quadrilha Fogueira Viva, comandada pelo comunitário Jadson Diniz, no Arraial da Praça Sete Palmeiras.

A maioria dos brincantes da Fogueira Viva era membro do extinto grupo folclórico ‘Rancho Alegre’, que durante o período junino, fazia suas apresentações em vários arraiais de São Luís e no interior do Estado.

O diretor geral da ‘Fogueira Viva’, Jadson Diniz, agradeceu o apoio do vereador Francisco Carvalho (PSL), destacando que o parlamentar está sempre valorizando os movimentos culturais de São Luís.  Jadson acrescentou que o mais importante é o resgate das tradições culturais do bairro. “Temos a responsabilidade de resgatar e manter viva as tradições folclóricas do bairro da Vila Embratel, que é o nosso objetivo”. E acrescentou: “Esse resultado é fruto do amor que temos pela cultura de nosso bairro, e sempre serei grato ao vereador Francisco Carvalho, que nos deu apoio e incentivo, valorizando e muito a nossa cultura”.

Convidada para ser madrinha da brincadeira, a ex- diretora da extinta Quadrilha ‘Rancho Alegre’, Delmar Mesquita, aceitou, afirmando estar emocionadíssima com o convite.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.